Presidente fez a declaração hoje cedo no Palácio do Alvorada sobre o Voto Impresso Auditável 



Hoje sexta-feira (09), o presidente Jair Messias Bolsonaro soltou o verbo sobre o esquema de corrupção que existe na luta pelo poder no país e afirmou: “O Brasil não vai eleger presidentes na fraude”. Segundo ele, a corrupção está no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

“Fraldar de uma forma e outra as eleições no papel, é botando mesário para contar favorável a ele, anulando votos que interessava porque é luta do poder. Hoje em dia mudou, é de cima para baixo. A fraude está no TSE, para não ter dúvidas. E isso foi feito em 2014, quando a apuração foi mostrada de minuto em minuto, obviamente vocês não tiveram acesso. No segundo turno do Aécio Neves, começou com Aécio lá em cima e a Dilma lá embaixo, mas com o tempo essas curvas foram se cruzando até que se estabilizaram na horizontal com a Dilma na frente”, declarou o presidente com expressão de indignação.

Bolsonaro afirmou ainda que Renan Calheiros e outros que estão ao lado dele só irão se perpetuar nas eleições fraudando. “Não tenho medo de eleições, entrego a faixa para quem ganhar, no voto auditável e confiável. Dessa forma corremos o risco de não ter eleições no ano que vem”, e finalizou alertando que se “essa cambada” voltar ao poder a situação irá piorar".

Confira a fala de Bolsonaro no vídeo abaixo:



Texto: CM7

Imagem vídeo: Sérgio Kruke

Em tempos de "censura" com o jornalismo independente precisamos da ajuda do nosso leitor para nos manter online. Agora você pode apoiar o Amazon Presse através do PIX: 32.688.550/0001-31. Colabore!
Postagem Anterior Próxima Postagem