Segundo o painel do Conass, a média de casos também despencou para 55,2 mil, a menor em quatro meses



O esforço conjunto entre a vacinação acelerada, que já ultrapassou as 100 milhões de doses, e atuação dos profissionais de saúde fez a média de mortes por covid no Brasil desabar e praticamente decretar o fim da segunda onda, quiçá o início do fim da pandemia. Segundo dados do Conass, a média diária atual é de 1.565 e, apesar de alta, é a menor desde 8 de março, quando no Brasil eram sentidas 1.540 mortes por dia. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Outra boa notícia é a queda vertiginosa nos casos. Segundo o painel do Conass, a média de casos caiu para 55,2 mil, a menor em quatro meses.

Com a média atual de mais de um milhão de doses aplicadas por dia, há expectativa de que as mortes caiam abaixo de mil em algumas semanas.


Segundo o vacinabrasil.org, o Brasil já vacinou mais de 74 milhões de pessoas, e imunizou mais de 26 milhões com a 2ª dose ou dose única.

Os EUA reduziram casos para 36,6 mil e mortes para 627 por dia, além de vacinar 46,2% da população antes de suspender uso de máscaras.

Via Diário do Poder


Em tempos de "censura" com o jornalismo independente precisamos da ajuda do nosso leitor para nos manter online. Agora você pode apoiar o Amazon Presse através do PIX: 32.688.550/0001-31. Colabore!
Postagem Anterior Próxima Postagem