O Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) realizará um Processo Seletivo Simplificado (PSS) para contratação de pelo menos cem (100) estagiários para a Corte de Contas. A previsão é que o edital seja publicado até outubro deste ano.

O anúncio foi feito pela diretora-geral da Escola de Contas Públicas (ECP) do TCE-AM, Virna Pereira, durante o programa “Falando de Contas”, transmitido ao vivo pela Rádio Câmara Manaus, FM 105,5 MHz.

"Os acadêmicos que atuam na Corte de Contas são valorosos colaboradores que, junto aos nossos servidores, desempenham as funções do TCE-AM de forma célere. Sempre tivemos um corpo técnico forte contando com o auxílio dos acadêmicos que vem para somar e aprender na prática junto conosco", comentou o presidente do TCE-AM, conselheiro Mario de Mello.

Segundo Virna Pereira, o andamento da nova seleção já foi aprovada pela coordenadora da ECP, conselheira Yara Lins dos Santos, e pelo Tribunal Pleno do TCE-AM e está em fase de planejamento.

“É uma novidade bastante esperada pelos universitários. Já entramos na fase de estudos e planejamento para uma nova seleção de estagiários, após proposta da coordenadora da ECP, conselheira Yara Lins dos Santos, que foi prontamente aprovada pelo presidente-conselheiro Mario de Mello e pelo plenário do TCE”, disse Virna Pereira.

Ainda segundo a diretora-geral da ECP, o número de vagas divididas por curso, assim como informações de datas e locais das provas serão divulgadas em breve. De acordo com Virna Pereira, entre os cursos que serão abrangidos pelo edital do PSS estão: direito, economia, contabilidade, administração, engenharia e comunicação social.

“Até o momento há o provisionamento de até cem estagiários para os nossos quadros, número que pode vir a aumentar. A previsão é que o edital seja lançado em meados de setembro ou outubro. Vale destacar que os universitários que tenham interesse em participar do processo seletivo podem se inscrever nos cursos da ECP, para já ter um conhecimento prévio da nossa realidade por meio das nossas atividades", finalizou a diretora-geral da ECP, Virna Pereira.
Em tempos de "censura" com o jornalismo independente precisamos da ajuda do nosso leitor para nos manter online. Agora você pode apoiar o Amazon Presse através do PIX: 32.688.550/0001-31. Colabore!
Postagem Anterior Próxima Postagem