As equipes de vacinadores que vão atuar nas 24h do mutirão de imunização do “Vacina Amazonas”, a ser realizado pelo Governo do Estado em parceria com a Prefeitura de Manaus, receberam, nesta segunda-feira (28/06), orientações sobre a aplicação das doses disponibilizadas para pessoas com mais de 28 anos. Enfermeiros e técnicos de enfermagem, que atuam em unidades da Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM), serão voluntários como vacinadores na ação que acontece das 18h de terça-feira (29/06) às 18h de quarta-feira (30/06).

A enfermeira do Programa Estadual de Imunização da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), Josy Dias, foi a responsável pela palestra que ocorreu no auditório da SES-AM. Ela sustentou que as orientações servem para que todos os vacinadores saibam como aplicar as doses, seguindo as recomendações de cada um dos imunizantes.

"Isso é importante para que todos os vacinadores saibam diferenciar o manuseio da dose de cada um dos laboratórios, que trabalham a vacina contra a Covid-19. Então, hoje, os vacinadores estão recebendo essas orientações para saber quais são os diferenciais de cada um dos laboratórios e, principalmente, a questão do manuseio da dose da Pfizer, que é uma vacina nova para eles, porque até então eles já utilizavam a CoronaVac e AstraZeneca", esclareceu a enfermeira.

Além dessas orientações, os vacinadores receberam recomendações sobre como proceder no trato com a população, ressaltando a necessidade de adoção das medidas não farmacológicas (uso de masca, álcool em gel e higiene), verificar se a pessoa não está com sintomas de alguma doença e, também, a importância de tomar a segunda dose para completar a imunização.

“Precisamos ainda, nesse momento, mesmo com vacina, manter o uso de máscara, manter o distanciamento social, fazer uso do álcool em gel sempre que possível, ou lavagem das mãos que é até melhor. Na hora da vacina, a gente precisa que os vacinadores tenham bastante firmeza nas ações, bastante destreza. Na hora, haverá diversas pessoas orientando como proceder com relação à vacina, estamos orientando também de forma antecipada”, garantiu o gerente de Urgência e Emergência da SES-AM, João Paulo Lima.

O gerente também destaca que os profissionais devem ter empatia com as pessoas, que vão querer registrar o momento da vacinação, pois este é um momento emocionante para muitos, e os vacinadores devem dar a garantia de que as doses foram aplicadas.

“Então, a orientação é: mostre a seringa com a vacina antecipadamente, aplique com a técnica correta recomendada e, após, mostre a seringa vazia já com a dose aplicada. Isso serve para vacinadores, isso serve para registradores, para os triadores, porque a mesa em si de vacinação tem que estar coesa, com todas as ações que precisam ser tomadas”, disse João Paulo.

Durante o mutirão de imunização “Vacina Amazonas”, mais de 1.900 servidores das diversas secretarias do Governo do Estado e da Prefeitura de Manaus vão atuar como voluntários.



FOTO: Rodrigo Santos/SES-AM
Em tempos de "censura" com o jornalismo independente precisamos da ajuda do nosso leitor para nos manter online. Agora você pode apoiar o Amazon Presse através do PIX: 32.688.550/0001-31. Colabore!
Postagem Anterior Próxima Postagem