No Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil, celebrado neste sábado, 12/6, a Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), realizou nas zonas Norte e Leste, mais uma etapa da campanha de combate ao trabalho infantil. A sensibilização aconteceu no Terminal de Integração 3 (T3), nos cruzamentos da avenida Noel Nutels e feira do Produtor.

Com o tema “Trabalho Infantil nem de Brincadeira”, a mensagem buscou esclarecer os variados tipos de atividades que crianças e adolescentes desenvolvem todos os dias e que são considerados trabalho infantil, como venda de doces e água nos semáforos, serviço de engraxate, guarda de veículos, entre outros.

Nós temos as nossas equipes de abordagem que estão nas ruas todos os dias para coibir esse tipo de violação dos direitos das crianças e adolescentes. Nos meses de março e abril, 244 casos foram flagrados pelas equipes e as famílias encaminhadas aos Cras (Centros de Referência de Assistência Social) e Creas (Centros de Referência Especializado de Assistência Social)”, informou a secretária da Semasc, Jane Mara Moraes.

A mobilização foi apoiada por motoristas e populares. Para o motorista de ônibus, Anderson Freitas, a ação foi importante porque também o ajudou a saber como denunciar um caso de exploração sexual infantojuvenil.

Na rua em que eu moro, tem uma casa onde todos os dias para um carro diferente. A dona da casa tem uma filha adolescente e com certeza ela vende a jovem para esses caras. Agora eu vou poder denunciar, porque isso é um absurdo”, declarou.

Os canais de denúncia são o 0800 092 1407, 0800 092 6644, disque 100 ou ainda o Conselho Tutelar.

Via SEMCOM PMM
Em tempos de "censura" com o jornalismo independente precisamos da ajuda do nosso leitor para nos manter online. Agora você pode apoiar o Amazon Presse através do PIX: 32.688.550/0001-31. Colabore!
Postagem Anterior Próxima Postagem