A primeira Sessão Plenária da semana, nesta terça-feira (25), trouxe temas correlatos, como a vacinação de professores do Estado e um paralelo entre o retorno das aulas presenciais e a iminente 3ª onda de contaminação da Covid-19.

A deputada estadual Therezinha Ruiz (PSDB) comemorou a chegada das 40 mil doses de vacinas destinadas aos professores, resultado de determinação judicial da juíza federal Jaiza Fraxe.

“As doses de vacina destinadas à antecipação da vacinação dos profissionais da educação já estão em Manaus prontas para serem distribuídas ao interior. Com isso, as aulas poderão retornar. Porém, como estamos na fase amarela, uma vez que não se passaram os 14 dias após a segunda dose de vários profissionais, temos que ter a cautela necessária. Não estamos livres da doença e ainda há muito perigo”, ponderou a parlamentar.

Seguindo a mesma linha de cautela, Wilker Barreto (Podemos) alertou sobre a necessidade do Estado implantar barreiras sanitárias, por conta de novas variantes, inclusive a cepa que surgiu na Índia e já foi detectada no Maranhão.

“Precisamos implementar urgentemente um controle sanitário. Infelizmente os números da Covid-19, no Amazonas começam a crescer novamente, enquanto a taxa de vacinação não chega a 20% da nossa população”, criticou.

Barreto também alertou para o perigo do retorno das aulas presenciais, como fator agravante da pandemia. “Vários estudiosos apontaram que um dos gatilhos para esta crescente nos casos foi o retorno às aulas presenciais, tendo crianças e adolescentes como vetores de transmissão. Muitos professores não se vacinaram e muitos dos que se vacinaram ainda não cumpriram os 15 dias de janela para se considerarem imunizados. Acredito que os próximos 15 dias devem ser de monitoramento, por isso apresento requerimento à Mesa para que o secretário de Estado de Educação suspenda o decreto de volta às aulas presenciais”, argumentou.

Também discorrendo sobre a questão da pandemia, o deputado Serafim Corrêa (PSB), lamentou que o Brasil tenha atingido, na última segunda-feira (24), a marca de 450 mil mortos pelo Coronavírus. Na opinião do socialista, o Amazonas precisa gerenciar melhor as doses de vacina recebidas.

“Manaus recebeu 750 mil doses e aplicou 620 mil doses, enquanto o interior recebeu 1,250 milhão de doses e aplicou apenas 500 mil doses, estocando 750 mil doses. É preciso dar um apoio às prefeituras do interior para acelerar a vacinação”, sugeriu.



Viagens

Os deputados Cabo Maciel (PL), Álvaro Campelo (Progressista) e Angelus Figueiras (DC) repercutiram viagens feitas ao interior, no último fim de semana. Cabo Maciel esteve em comunidades de Presidente Figueiredo (distante 107 km de Manaus em linha reta), Iranduba (27 km) e Careiro da Várzea (23 km). Álvaro Campelo visitou Maués (259 km), Parintins (369 km) e Nhamundá (381 km) e Angelus Figueira (DC) destacou sua ida ao município de Manacapuru (70 km).



Via Diretoria de Comunicação da Aleam
Em tempos de "censura" com o jornalismo independente precisamos da ajuda do nosso leitor para nos manter online. Agora você pode apoiar o Amazon Presse através do PIX: 32.688.550/0001-31. Colabore!
Postagem Anterior Próxima Postagem