A deputada estadual e mãe do pequeno Joaquim, Joana Darc (PL), tem realizado doação de leite materno ao Banco de Leite Humano da Maternidade Balbina Mestrinho. O gesto representa muito mais do que uma simples doação, é um ato de amor e solidariedade aos bebês que estão internados e não conseguem ser amamentados pela própria mãe. Estudos revelam que crianças menores de 1 ano não amamentadas possuem risco muito maior de vir a óbito, quando comparadas com as de mesma idade, alimentadas exclusivamente ao seio.

Joana, que teve o Joaquim há um mês, relatou as dificuldades de amamentar o filho logo após o parto, mas foi forte e persistente, e mesmo após um início difícil, com baixa produção de leite, hoje realiza a doação de todo leite excedente e faz um apelo às lactantes. “Eu quero pedir a todas as mulheres, que estão bem de saúde e estão amamentando seus filhos, que possam dedicar um pouco do seu tempo para fazer essa doação, pois muitas mães não conseguem amamentar seus filhos, e esse leite, é muito importante para o bebê, e pode salvar vidas”, destacou.



Importância da doação



De acordo com o Ministério da Saúde (MS), o leite materno doado aumenta as chances das crianças prematuras internadas em maternidades se recuperarem mais rapidamente, além de protegê-las de infecções, diarréias e alergias.

Um pote de leite materno, que contém em média 240 mililitros, pode alimentar até dez recém-nascidos. A campanha nacional foi criada pelo Ministério da Saúde (MS), em referência ao Dia Nacional de Doação de Leite Humano, celebrado no dia 19 de maio.




Quem pode doar?


Algumas mulheres quando estão amamentando produzem um volume de leite além da necessidade do bebê, o que possibilita que sejam doadoras de um Banco de Leite Humano.

De acordo com a legislação que regulamenta o funcionamento dos Bancos de Leite no Brasil (RDC Nº 171), a doadora, além de apresentar excesso de leite, deve ser saudável, não usar medicamentos que impeçam a doação e se dispor a ordenhar e a doar o excedente.

A Rede Nacional de Bancos de Leite Humano (RBLH) ensina como preparar o frasco para coletar o leite humano através do site (https://rblh.fiocruz.br/como-coletar-o-leite-humano-para-doacao).

Se você quer doar seu leite, entre em contato com um banco de leite humano através do link (https://rblh.fiocruz.br/localizacao-dos-blhs) e encontre o mais próximo de você.

Via Assessoria de Imprensa 

Em tempos de "censura" com o jornalismo independente precisamos da ajuda do nosso leitor para nos manter online. Agora você pode apoiar o Amazon Presse através do PIX: 32.688.550/0001-31. Colabore!
Postagem Anterior Próxima Postagem