O deputado estadual Felipe Souza (Patriota), que já havia em discurso do dia 10 de março na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) se pronunciado acerca do que os especialistas apontam como a, “terceira onda” da pandemia do novo coronavírus no Amazonas, voltou a falar sobre o assunto.

Dessa vez, o parlamentar enviou um requerimento ao Governo no dia 6 de abril (última terça-feira), solicitando que se mantenha ativo e em pleno funcionamento o Hospital de Campanha Nilton Lins, atendendo com exclusividade casos de Covid-19, mesmo com a redução dos índices de contágio, como forma de prevenção contra o vírus. “Assim, é possível estarmos mais preparados para o caso de uma nova onda”, afirmou o deputado.

Os fatores de justificativa para o pedido são, além desses estudos que indicam uma possível chegada da “3ª onda” ao Estado, o fato de por estamos vivenciando na região uma fase menos crítica da doença e por haver uma flexibilização maior das restrições, os cidadãos podem estar deixando de cumprir medidas de controle e prevenção da doença.

“Fora que mais de 30% das pessoas que já se vacinaram contra a Covid-19 , não retornaram para tomar a segunda dose do imunizante aqui no Estado. Ou seja, o fechamento de hospitais não deve ser cogitado, ainda que estejamos dentro da fase laranja. É necessário manter o alto nível de preparação em relação a esse vírus. Manter o hospital de campanha ativo significa resguardar vidas, o comércio, a economia”
, enfatizou Felipe.

Via Assessoria de Imprensa 
Em tempos de "censura" com o jornalismo independente precisamos da ajuda do nosso leitor para nos manter online. Agora você pode apoiar o Amazon Presse através do PIX: 32.688.550/0001-31. Colabore!
Postagem Anterior Próxima Postagem