Chefe do Executivo federal também conheceu ações que vêm sendo aplicadas no município para reduzir mortes e casos da doença


Presidente Jair Bolsonaro visitou, na manhã de desta quarta-feira (7), o Centro Avançado de Atendimento Covid, instalado no Centro de Eventos de Chapecó (SC). A estrutura tem 75 leitos de enfermaria e 20 leitos na Unidade de Tratamento Semi Intensivo (UTSI), onde os pacientes recebem tratamento adequado até terem alta ou uma transferência para o Hospital Regional do Oeste.

De acordo com a prefeitura de Chapecó, no último sábado (3), a ocupação de leitos na UTSI do Centro foi zerada com a transferência do último paciente assistido com ventilação mecânica para outra unidade de saúde.

“Temos que unir forças para vencer esse inimigo”, afirmou o Presidente. “Lamentamos as mortes, é como num campo de batalha, mas, se nada fizermos, seremos derrotados”, acrescentou. Além disso, ressaltou que o Governo Federal vem trabalhando desde o ano passado para tomar as medidas necessárias no combate à Covid-19.

O Presidente Jair Bolsonaro teve a oportunidade também de conhecer de perto as ações que vêm sendo aplicadas no município, que, segundo a prefeitura, têm diminuído o número de óbitos e de casos da doença na cidade.

“Que juntos possamos buscar alternativas para melhor atender nosso povo, para minorar a dor daqueles que perderam entes queridos. O problema está aí. Soluções, algumas aparecem, como a de Chapecó, outras virão. Como disse desde o começo, temos que ter coragem para decidir. Se ficar parado esperando a solução, o problema, além desse vírus, teremos o do desemprego”, afirmou o Presidente.



Pista de pouso e decolagem do aeroporto é ampliada


Benfeitorias ajudarão a atrair mais turistas e voos internacionais sem escala para a região

Foram inauguradas, ontem quarta-feira (7), as obras da pista de pouso e decolagem do Aeroporto de Foz do Iguaçu, no Paraná, que darão mais segurança aos pilotos. Além disso, com a reforma, voos internacionais sem escala poderão pousar e decolar no local, atraindo, assim, mais turistas para a região.

“Paraná está de parabéns, vai receber voos agora do mundo todo, é uma cidade que tem uma vocação enorme obviamente para o turismo, dado que tenho aqui do lado, para mim, mais uma das grandes maravilhas do mundo, que são as Cataratas, e tenho certeza que todo mundo ganhará com isso, não apenas o município, bem como o estado e o Brasil”, comemorou o Presidente Jair Bolsonaro, presente à inauguração.

As obras no local tiveram início em fevereiro do ano passado. A pista passou de 2,195 metros para 2,795 metros, com um investimento de cerca de R$ 54 milhões.

Também foi inaugurado o novo pátio de manobras e a duplicação da via de acesso ao aeroporto.



Foz do Iguaçu

Segundo o governo do Paraná, Foz do Iguaçu é hoje o segundo destino turístico de estrangeiros do Brasil. Perde apenas para a cidade do Rio de Janeiro.

Foz do Iguaçu é uma das portas de entrada para as Cataratas do Iguaçu, um conjunto de quedas de água no Rio Iguaçu, na Bacia hidrográfica do Rio Paraná, localizada entre o Parque Nacional do Iguaçu (PR), no Brasil, e o Parque Nacional Iguazú, em Misiones, na Argentina, na fronteira entre os dois países. A área total de ambos os parques nacionais corresponde a 250 mil hectares de floresta subtropical e é considerada Patrimônio Natural da Humanidade.


Presidente participa de cerimônia de promoção de oficiais generais do Exército


Chefe do Executivo também esteve presente em solenidade com oficiais generais recém-promovidos do Exército, da Marinha e da Aeronáutica

Presidente Jair Bolsonaro participou, ontem quinta-feira (8), em Brasília, de duas solenidades com militares. Pela manhã, ocorreu a cerimônia de promoção de oficiais generais de Exército. À tarde, o mandatário recebeu para cumprimentos, em evento no Palácio do Planalto, oficiais generais do Exército, da Marinha e da Aeronáutica recém-promovidos.

No primeiro evento, no Clube do Exército, 16 militares foram promovidos, dois a General de Exército, quatro a General de Divisão e dez a General de Brigada. De acordo com o Exército, a solenidade simboliza a importância da investidura do oficial general como chefe militar enfatizando os vínculos que o unem ao passado e ao futuro da instituição.

O Presidente Jair Bolsonaro afirmou aos oficiais generais de Exército promovidos que a ascensão é um marco na vida dos militares que agora assumem novas responsabilidades. “Temos certeza que venceremos os desafios e, cada vez mais, colocaremos o Brasil no local de destaque que ele bem merece.”

“Nosso Exército de respeito, de orgulho, bem como reconhecido por toda nossa população, representa para o nosso Brasil uma estabilidade. Nós atuamos dentro das quatro linhas da nossa Constituição. Devemos e sempre agiremos assim”, ressaltou o Presidente. “Temos a certeza pelo nosso compromisso, pela nossa tradição, sempre teremos como lema a nossa bandeira verde e amarela e a nossa perfeita sintonia com os desejos da nossa população”, acrescentou.

O Chefe do Estado-Maior do Exército, general de Exército Marcos Antonio Amaro dos Santos, fez uma saudação aos promovidos e disse que a espada de oficial general que eles receberam representa não apenas a autoridade militar, mas também virtudes como a bravura, a honra e a Justiça. “A espada de general simboliza o reconhecimento da nação ao valor daqueles que põe suas vidas à serviço da Pátria no esforço diuturno de defender a integridade do território do nosso país e as suas instituições.”




Cerimônia de cumprimentos

No Palácio do Planalto, cerca de 50 militares das três Forças que foram promovidos em março receberam os cumprimentos do Presidente Jair Bolsonaro, do Vice-presidente Hamilton Mourão, do ministro da Defesa, general Walter Braga Netto, e do ministro do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, general Augusto Heleno. Também participaram os comandantes do Exército, da Marinha e da Aeronáutica. A cerimônia ocorre três vezes ao ano em que há a promoção de militares.

Em discurso, o Presidente Jair Bolsonaro parabenizou os oficiais generais recém-promovidos. “Promoções, renovação, o mesmo compromisso e lealdade com a nossa Pátria.”

“A sociedade sempre contou com as nossas Forças Armadas nos momentos mais difíceis que a nação já viveu. A nossa lealdade é com o povo brasileiro, é com o destino da nossa nação”, acrescentou o Presidente.

Em tempos de "censura" com o jornalismo independente precisamos da ajuda do nosso leitor para nos manter online. Agora você pode apoiar o Amazon Presse através do PIX: 32.688.550/0001-31. Colabore!
Postagem Anterior Próxima Postagem