A enchente dos rios e o isolamento social, imposto por causa da pandemia do coronavírus, têm causado dificuldades financeiras aos moradores dos municípios afetados com a subida das águas. Ciente desta situação, o presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado Roberto Cidade (PV), solicitou ao Governo do Estado, nesta quarta-feira (10), a prorrogação por mais três meses do auxílio estadual, no valor de R$ 600 (R$ 200 por mês) para 100 mil famílias amazonenses.

Roberto Cidade destacou que a Operação Enchente, lançada pelo Governo do Estado na última segunda-feira (8), disponibilizará ajuda humanitária com cestas básicas e kits de higiene e limpeza, mas não prevê a continuidade do auxílio.

Essa ajuda do Governo é importante para assistir às famílias em situação de pobreza, entretanto não solucionará outras necessidades básicas como a aquisição de medicamentos e vestuário. Por isso, a importância da prorrogação do auxílio estadual em dinheiro, principalmente neste momento em que a enchente dos rios está avançando e acarretará em mais dificuldades à vida de nossos irmãos do interior”, destacou o parlamentar.



Situação de Emergência



Desde o início de janeiro, os rios da Bacia Amazônica apresentam subida de nível acima da normalidade e causado danos aos municípios, tanto que sete deles já decretaram Situação de Emergência: Guajará, Ipixuna, Itamarati, Eirunepé e Envira, na calha do Juruá; e Boca do Acre e Pauini, na calha do Purus.

Via Assessoria de Imprensa
Em tempos de "censura" com o jornalismo independente precisamos da ajuda do nosso leitor para nos manter online. Agora você pode apoiar o Amazon Presse através do PIX: 32.688.550/0001-31. Colabore!
Postagem Anterior Próxima Postagem