A Procuradoria-Geral da República decidiu recorrer da decisão do ministro Edson Fachin que anulou as condenações de Lula na Lava Jato, conta Ana Viriato na Crusoé.

O recurso é necessário para que o caso seja submetido ao plenário da corte, formado por 11 magistrados.

Fachin anulou as sentenças contrárias ao petista por entender que a Justiça Federal no Paraná não tem competência para julgar e processar as ações penais sobre o triplex do Guarujá, o sítio de Atibaia e o Instituto Lula.




Postagem Anterior Próxima Postagem