Distribuição iniciou ainda na tarde de domingo (24/01)




O carregamento de 160 mil metros cúbicos de oxigênio, que chegou a Manaus no início da tarde de domingo (24/01), começou, imediatamente, a ser distribuído na rede de saúde de Manaus. A carga tem sido destinada, inicialmente, ao abastecimento de unidades com maior fluxo de pacientes. Entre as unidades abastecidas nesta segunda-feira (25/01) estão os hospitais 28 de Agosto e Platão Araújo.

Esse abastecimento extra está vindo para viabilizar o atendimento desses tanques na completude. Nós estamos enchendo o tanque na totalidade dessas unidades e, com isso, conseguindo dar um alívio para a empresa que já fornece o oxigênio do Estado, que está conseguindo se dedicar para as unidades menores e, também, para o abastecimento de gases tanto na capital quanto no interior”, detalhou Raquel Tapajós, coordenadora do abastecimento de oxigênio da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM).

A coordenadora alerta que a carga tem ajudado no abastecimento das unidades, mas o Estado segue trabalhando em outras frentes para suprir a alta demanda por oxigênio.

É importante lembrar que essa não é a solução final dos nossos problemas. Esse abastecimento extra vem para dar um apoio, temporariamente, e para que possamos nos organizar com outras alternativas, que já estão sendo buscadas pelo Estado: como o abastecimento contínuo dessas outras carretas; a aquisição de usinas; de concentradores de oxigênio; para a capital mas, principalmente, para mandar para o interior, onde a logística é mais difícil”, enfatizou Raquel.

Ela destaca, ainda, que o abastecimento é dinâmico para atender à alta rotatividade de pacientes, que necessitam do insumo nas unidades de saúde.

Uma das vantagens, de estar com essas carretas no suporte, é que temos a possibilidade de abastecer essas unidades com um dinamismo maior. Conseguimos chegar nessas unidades com maior celeridade e, com isso, dar mais segurança para as equipes trabalharem”, finalizou Raquel Tapajós.

Comboio 

O carregamento de 160 mil metros cúbicos de oxigênio chegou a Manaus ontem (24/01), em um comboio de carretas que aportaram em duas balsas no Porto da Ceasa, vindas de Porto Velho (RO), por meio da rodovia BR-319. O oxigênio é da empresa de gases Air Liquide Brasil e foi transportado por carretas da IC Transportes. A primeira frota saiu na quarta-feira (20/01) e a segunda na quinta-feira (21/01) de Porto Velho. No total, o comboio percorreu 877 quilômetros até Manaus
 
Via SECOM


Em tempos de "censura" com o jornalismo independente precisamos da ajuda do nosso leitor para nos manter online. Agora você pode apoiar o Amazon Presse através do PIX: 32.688.550/0001-31. Colabore!
Postagem Anterior Próxima Postagem