Mirtes Kokama e Francisco Mura estão em frente ao Superior Tribunal de Justiça com cartazes que dizem: "O Amazonas esta jogado no lixo", "STJ Salva o Amazonas #ForaWilsonLima"


Brasília:

Os lideres indígenas Mirtes Kokama e Francisco Mura estão desde as primeiras horas de hoje (18) em frente a sede do STJ, em protesto pacifico, pela saída do governador do Amazonas, Wilson Lima, e do vice, Carlos Almeida, ambos acusados pela Procuradoria Geral da República de serem os "Chefes de Quadrilha" que superfaturou a compra de ventiladores, durante a Pandemia do Covid-19, numa loja de vinhos o que levou a PGR e a Polícia Federal com autorização do STJ a deflagrarem as Operações Sangria 1 e 2.


Inconformados com a situação em que várias pessoas morreram com sacos plásticos na cabeça enquanto ocorriam as maracutaias os indígenas foram até Brasília protestar.

Na tarde de hoje em seu perfil no Facebook Francisco Mura fez uma Live aonde diz que: "o Amazonas esta jogado no lixo".


Confira as reinvindicações no vídeo abaixo:






Postagem Anterior Próxima Postagem