Durante a Sessão Plenária da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), desta quinta-feira (10), os deputados denunciaram a falta de iluminação na Ponte Jornalista Phelippe Daou, mais conhecida como Ponte Rio Negro, que liga Manaus a Iranduba, na Região Metropolitana. O deputado Sinésio Campos (PT) denunciou que a ponte e a Avenida Manoel Urbano estão às escuras.

Segundo o parlamentar todo potencial turístico desses locais está comprometido pela falta de iluminação pública. “Eu fico decepcionado pois participei da inauguração da ponte. É triste ver essa escuridão total. Era uma ponte bem iluminada, agora está uma escuridão”, enfatizou. O parlamentar pediu para que os prefeitos da região metropolitana, vereadores de Manaus e o Governo do Estado também cobrem da Amazonas Energia uma solução.

O deputado João Luiz (Republicanos) concordou com Sinésio. “Nós vimos pessoas atravessando a ponte utilizando o celular como lanternas para atravessar a ponte, se colocando em risco de assalto. As pessoas estão correndo risco de vida por falta de energia”, enfatizou.

O deputado Serafim Côrrea (PSB) concordou com as cobranças feitas pelos colegas e apoiou o pleito, mas sugeriu que se verifique de quem é a responsabilidade sobre a Iluminação Pública. O deputado Dermilson Chagas (Podemos) recordou que anteriormente já foi discutida a responsabilidade sobre a iluminação pública da ponte e acredita que um parecer do Ministério Público é importante para resolver o impasse.



Taxas cartorárias

O deputado Serafim Côrrea denunciou que alguns cartórios não estão diminuindo os valores dos emolumentos aos cidadãos e informou que Corregedoria Geral do Estado já publicou os novos valores das taxas, não deixando dúvidas sobre a diminuição. “O apelo que eu faço é que os donos dos cartórios respeitem as leis e que os usuários dos serviços por favor denunciem, porque isso não está correto”, pediu o parlamentar.

João Luiz destacou também a entrega de uma ambulância, fruto de sua emenda parlamentar, à Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (Fundação Cecon) nesta quarta-feira (9). O parlamentar disse que se comprometeu a destinar outra emenda para aquisição de uma segunda ambulância à Fundação, no próximo ano.



Covid-19 no Estado

Em seu pronunciamento, o deputado Wilker Barreto (Podemos) criticou o Governo do Estado pela atenção dispensada na área da Saúde em meio à pandemia e denunciou que o Hospital e Pronto Socorro 28 de Agosto está sem aparelho de tomografia. “Há cidadãos esperando 48 horas para fazer uma tomografia, dentro de um hospital referência no combate à Covid. Quero aqui ser solidário e exercer o meu papel de cobrar providências para que a população possa ter ao menos explicações do porquê de o 28 de Agosto estar sem tomógrafo”, destacou.

A prefeitura de Santo Antonio do Içá se prontificou a ajudar, por meio de um apoio de cooperação, para que a unidade da Universidade do Estado do Amazonas no município comece a funcionar. A novidade foi divulgada pelo deputado Abdala Fraxe (Podemos) em seu pronunciamento. O parlamentar esteve em reunião com o Prefeito Abrahão, que se prontificou a ajudar com um apoio à UEA para que as aulas comecem o quanto antes, tendo em vista que a estrutura já está pronta. “Através desse Acordo de Cooperação Técnica da prefeitura com a UEA a unidade já vai estar pronta para funcionar no máximo até o final do próximo mês”, explicou.





Via Dircom Aleam

Foto: Alberto César Araújo
Postagem Anterior Próxima Postagem