QUEM VAI PARAR ESSE ASSASSINO, TRAFICANTE DE DROGAS, ESTELIONATÁRIO  E DEFENSOR DO GOVERNO DA MORTE?

Portal do Zacarias o Portal do Pó!!!


O meliante Sebastião Lucivaldo Moraes Carril vulgo Antônio Zacarias conhecido ASSASSINO E TRAFICANTE DE DROGAS que ja cumpriu pena na penitenciaria de Urso Branco em Porto Velho, Rondônia, usa seu blog Portal do Zacarias, para difamar visando extorquir dinheiro de autoridades e pessoas públicas do Estado do Amazonas tentando manter sua vida de bom vivã em condomínios de luxo na cidade de Manaus-AM.


Carril usa outro nome para que as pessoas não saibam que a ficha dele é mais suja do que pau de galinheiro.

Apesar da PROIBIÇÃO da Justiça do Amazonas para Carril parar de atacar autoridades do Amazonas o Meliante continua com seus ataques insanos a diversas autoridades.

No descumprimento da Decisão Judicial cabe Prisão para cessar os ataques a honra das pessoas ofendidas por esse MELIANTE.




Em 2008 Sebastião Carril vulgo Antônio Zacarias ou Portal do Zaca foi preso pela PF por ter fugido do abrigo para ex policias onde cumpria pela por TRAFICO DE DROGAS


O jornalista e policial civil Sebastião Lucivaldo Moraes Carril, de 49 anos, foi recapturado pela Polícia Federal em Manaus, após ter fugido de um albergue para policiais civis que cometem crimes.

Ele é considerado preso federal por ter sido flagrado vendendo um quilo de cocaína ao empresário Vitorino Souza da Cruz, em dezembro de 2007. O jornalista e policial tinha vários privilégios na prisão, entre eles o de deixar o albergue e ficar vários dias fora sem necessidade de justificativa.

Esse privilégio estava sendo investigado pela Polícia Federal. A cúpula da Polícia Civil amazonense considerou um ato de fuga a saída de Carril do Albergue.

Carril trabalhou no jornal O Estadão do Norte, mas ficou conhecido em Porto Velho como apresentador do programa policial "O Povo Contra o Crime", na TV Meridional (Bandeirante). Ele já chegou a empurrar, puxar o cabelo e até esbofetear presos durante seu programa.

Na capital rondoniense, ele responde a vários processos, inclusive um por homicídio. Carril está condenado em Rondônia a quatro anos e oito meses de prisão e vai a julgamento no Tribunal do Júri por homicídio. Em Manaus ele responde a mais de 50 processos.



2018
A Associação dos Magistrados do Amazonas emitiu NOTA DE REPÚDIO contra o Portal do Zaca


A Associação dos Magistrados do Amazonas (Amazon), entidade civil que representa os juízes do Estado, vem a público repudiar a matéria do blog “Portal do Zacarias” do dia 20 de abril de 2018, que questiona a rapidez com que a juíza Irlena Benchimol julgou o processo do governador Amazonino Mendes contra o referido canal de comunicação, colocando em dúvida sua atuação como magistrada.

A Amazon destaca que a juíza está sendo agredida pelo simples fato de ter realizado seu trabalho, que é julgar, seguindo o que diz a Constituição e as leis do Brasil.

A entidade enfatiza que o governador tem prioridade nos julgamentos, não pelo cargo que ocupa como governador do Estado, mas por ser um senhor de quase 80 anos e, nesse caso, a lei garante primazia na avaliação dos processos.
Quanto ao mérito da sentença, a própria Constituição da República limita a liberdade de expressão, prevendo indenização por dano moral, quando houver exercício irregular do direito de expressão. O que a Constituição proíbe, ressalte-se, é a censura prévia, o que não houve.

A Amazon reitera que confia na sua juíza e repudia o comportamento do Blog, que ataca uma magistrada pelo simples inconformismo com uma sentença que não lhe foi favorável.

Manaus, 20 de abril de 2018.

Juiz Cássio André Borges dos Santos – presidente AMAZON




Ex-Presidiário, traficante e membro da facção Família do Norte Sabá Carril “Enrustido da Santana” tem projetos de poder – lançamento de uma rádio – FM do pó



O narcotraficante Sabá Carril “Enrustido da Santana” é visto com frequência nos corredores do Palácio, na última sexta – feira, 28, “Enrustido da Santana” se borrou todo ao se encontrar com o inimigo número 1º dos traficantes/blogueiros.

“Mas ainda haverá outro encontro, alguém sairá quebrado deste embate”.

O narcotraficante “Enrustido da Santana” ganhou um nome de peso para correr atrás de uma concessão de rádio em Brasília. O empresário do talco colombiano Bernardo do Cheiro Puro, foi o “irmão” indicado pela facção para ‘entrosar’ o acharque ao poder executivo.



Maus Caminhos?

O empresário Mouhamad Moustafa sócio do Simea e da Salvare Serviços Médicos Ltda pagava R$ 15 mil ao site do narcotraficante e hoje o ex-presidiário, traficante e gay enrustido detona o empresário.

Ficha quase completa do narcotraficante “Enrustido da Santana”

Traficante membro da família do norte (FDN) Sebastião Carril gosta de elogiar autoridades judiciarias e delegado, coronel…


Identificado e qualificado criminalmente por diversos crimes em Manaus e em outras cidades Amazônicas, Sebastião Lucivaldo Carril, conhecido com o cognome de “Antônio Zacarias” é pessoa conhecida nas páginas policiais de toda região Amazônica! VEJAM a seguir!


O blogueiro Sebastião Lucivaldo Morais Carril, que nas décadas de 80 e 90 atuou no jornal O Estadão do Norte e na TV Meridional, em Porto Velho-RO, onde apresentava o programa “O Povo Contra o Crime”, já foi a júri popular naquele estado pelo juiz substituto Elson Pereira de Oliveira Bastos, da 2ª Vara do Tribunal do Júri de Porto Velho, que pronunciou o mesmo pelo crime de assassinato. Por sua vez, também foi condenado pelo Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas a sete anos e quatro meses de prisão por tráfico de cocaína numa ação comandada pela Polícia Federal, ocorrida no bairro Amazonino Mendes.

Vale lembrar que a vida de Carril sempre foi controversa. Ao abandonar a carreira nos meios de comunicação tornou-se policial, mas uma sentença proferida pelo juiz Carlos Zamith Junior fez com que perdesse o cargo na Polícia Civil amazonense.



O Meliante responde há 53 processos na Justiça do Amazonas 

De acordo com 53 processos pesquisados no Fórum Ministro Henoch Reis, da comarca de Manaus, já na condição de policial civil, Sebastião Carril responde na justiça, entre outras coisas, a quatro acusações de roubo e extorsão; uma lesão corporal dolosa, um crime de sedução; e três acusações de crime contra a fé pública e por aí vai.

Por sua vez, em Rondônia, o Tribunal de Justiça do Estado julgou (e não deu provimento) o recurso de apelação criminal interposto por Carril contra a sentença do juiz da 3ª Vara Criminal de Porto Velho, Daniel Ribeiro Lagos, que o condenou a quatro anos e oito meses de prisão por apropriação indébita e coação no curso do processo. Carril foi denunciado pelo Ministério Público porque, em 16 de maio de 1999, na praça Madeira Mamoré, em Porto Velho, se apropriou indevidamente do dinheiro arrecadado no bingo em prol do tratamento médico de Raimundo Nonato de Souza, que veio a falecer três dias depois. Fica então comprovado que contra fatos não existem argumentos.





QUEM VAI PARAR ESSE CRIMINOSO?







***Com a palavra o Ministério Público e o 
Tribunal de Justiça do Amazonas***
Postagem Anterior Próxima Postagem