A Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) aprovou, com 14 votos a favor e sete contra, nesta terça-feira (7), a suspensão do recesso parlamentar. A proposta, de autoria do deputado estadual João Luiz (Republicanos), foi apresentada pelo Republicano ainda no mês de maio.

Na avaliação de João Luiz, a decisão do Plenário atende aos anseios da população amazonense que requer, neste momento, uma atuação mais eficaz e célere por parte do Parlamento Estadual.

O recesso no meio do ano seria imprudente, uma vez que o momento exige um esforço concentrado em prol do Estado do Amazonas e, principalmente, da população amazonense”, justificou o parlamentar.

Para o Republicano, os trabalhos da Casa Legislativa, suspensos de forma presencial desde o dia 19 de março, foram prejudicados e a suspensão do recesso impedirá que votações de projetos importantes sejam adiadas para agosto.

Os trabalhos da Casa Legislativa são essenciais e, devido às circunstâncias impostas pela pandemia, o Poder Legislativo deve manter suas atividades para seguir com a tarefa de legislar, transformando em leis as demandas da sociedade, além de cobrar a aplicação de medidas e fiscalizar, de forma permanente, a aplicação dos recursos públicos por parte do Governo e demais órgãos da administração”, concluiu João Luiz.

Via Assessoria de Imprensa 
Postagem Anterior Próxima Postagem