Em Sessão ordinária virtual da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) desta terça-feira (2), o deputado estadual Wilker Barreto (Podemos) voltou a cobrar a ida do vice-governador do Amazonas, Carlos Almeida (PTB), à Casa para prestar esclarecimentos sobre o seu pedido de exoneração da secretaria da Casa Civil, no dia 18 de maio. O parlamentar pediu a apreciação do requerimento nº 2379/2020, de sua autoria, que convoca o gestor para explicar as declarações redigidas em sua carta, onde afirmou que “pessoas perigosas” rondam o Governo do Estado.

Para Barreto, o vice-governador precisa revelar quem são as pessoas perigosas que estão na atual gestão para o assunto não cair no esquecimento.

O vice-governador escreveu uma carta aberta ao povo do Amazonas, bem pensada, lida e relida várias vezes, onde ele afirma categoricamente que pessoas perigosas estão no governo. Isso é preocupante porque precisamos saber quem são esses ratos que estão próximos do queijo. Isso não é questão política, a sociedade precisa saber quem são esses fantasmas”, explicou Wilker.

O deputado afirmou ainda que, caso o requerimento não seja apreciado em até 48 horas no Parlamento, irá ingressar com uma interpelação judicial para convocar Almeida.

Eu desafio o vice-governador a se apresentar espontaneamente na Assembleia e se posicionar para a sociedade. Caso o requerimento não seja apreciado, irei interpelar judicialmente porque as suas declarações foram graves, o dinheiro público é que está em perigo”, finalizou Wilker.

No dia 18 de maio, o vice-governador do Amazonas, Carlos Almeida, enviou uma carta endereçada ao governador Wilson Lima (PSC) comunicando a sua exoneração do cargo de secretário da Casa Civil do Estado. No texto, Almeida afirmou que “personagens tão ou mais perigosos se encontram em todos os lugares, às vezes, até mesmo dentro do nosso próprio barco”, salientou que seu papel sempre foi de “ blindar meu Estado contra esses espectros (fantasmas)” e alertou o chefe de Estado para “não tombar nos rochedos”.

Via Assessoria de Imprensa 
Postagem Anterior Próxima Postagem