Brincando e Reabilitando na Quarentena”. Esse é o tema do projeto voltado para pessoas com Transtorno Espectro Autista (TEA), apresentado nesta semana, pela Comissão de Saúde e Previdência da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), presidida pela deputada Mayara Pinheiro (PP).

De acordo com a parlamentar, a iniciativa quer promover atividades no campo virtual, em três áreas específicas. São elas: esporte educacional, reabilitação para a estimulação essencial, além do atendimento psicossocial.

Trabalhar a inclusão social e cidadania é fundamental nesse período de isolamento social, pois muitos atendimentos estão parados. Dessa forma, nossa iniciativa quer melhorar os serviços ofertados e buscar melhorar a qualidade de vida dessas pessoas com TEA, por meio de serviços personalizados e virtuais”, explicou.

A proposta conta com uma rede de profissionais voluntários, como médicos, educadores físicos, fisioterapeuta, psicólogos, assistentes sociais, entre outros. E um dos objetivos é produzir atividades para suporte voltado para aos pais de autistas e pacientes.

Segundo a psicóloga clínica da Comissão de Saúde, Gisele Amaral, os atendimentos psicossociais serão o pontapé inicial do “Brincando e Reabilitando na Quarentena”. “Esses serviços vão poder ser agendados, porque as demandas maiores estão atrelados a saúde mental, com atendimento individual ou grupo”, pontuou Gisele.

Agora, a ideia da Comissão é buscar apoio e parcerias para a realização do projeto. “Estamos muito entusiasmados com o projeto e cremos que será de grande valia a todos, especialmente no momento em que os cuidados devem ser tomados para se evitar contágio. Então, vamos ajudar nessa causa tão nobre e justa”, completou Mayara.

A reunião virtual, na última segunda-feira, 08, teve a participação de representantes da Mãos Unidas pelo Autismo (Mupa) e também da Associação Amigos do Autismo (AMA).


Via Assessoria de Imprensa 
Postagem Anterior Próxima Postagem