O empresário Carlos Wizard, fundador da rede de escolas de inglês Wizard, deverá assumir o comando da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde. O bilionário é considerado um dos defensores do uso da cloroquina no tratamento de pacientes com o novo coronavírus.
Existe muita questão ideológica da cloroquina, mas não muda o fato de que usamos esses medicamentos há 70 anos. Não vai matar a pessoa”, afirmou Wizard à CNN.
Não gosto de falar apenas de cloroquina e hidroxicloroquina, pois são vários medicamentos para o tratamento precoce. Existem outros componentes, mas eles fazem parte da composição. O mais importante é que estamos trabalhando muito mais preventivamente e precocemente. A pessoa voltará para casa e também vamos tratar o entorno dele. Se o cidadão é casado e tem filhos, vamos dar tratamento para todos”, acrescentou.
O convite foi feito pelo ministro interino da pasta, general Eduardo Pazuello.
A secretaria será voltada para a área estratégica, pois coordena parcerias com o setor privado para a fabricação de medicamentos e entre outros insumos. O órgão também analisa pesquisas sobre remédios usados no tratamento do novo coronavírus.
Postagem Anterior Próxima Postagem