Durante a Sessão virtual da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), na manhã desta terça-feira (9), o deputado Dermilson Chagas (Podemos), disse que a antecipação do pagamento do décimo terceiro dos servidores públicos anunciado pelo Governo do Amazonas é uma obrigação, por ser algo de direitos deles. O parlamentar ainda ressaltou que valorização seria se houvesse os reajustes das categorias que não irão acontecer até final de 2021.

Dermilson diz que o servidor não está ganhando uma valorização do governo, já que o pagamento do décimo é de direito deles. “O que iria fazer diferença na vida dos servidores públicos seriam os reajustes que em 2019 foi pífio, neste ano não vai ter e nem em 2021. Portanto, parabenizar o governo por antecipar o décimo é cuspir na cara dos funcionários públicos que carregam um fardo de uma péssima administração”, disse.

Além disso, Chagas ressaltou que mesmo com os mais de R$ 4 bilhões sobrando em caixa, o Governo do Amazonas não usa para beneficiar a população. “Mesmo com todo esse dinheiro, quero questionar se a vida de alguma pessoa que precisa do atendimento da saúde, da educação e da segurança pública, foi beneficiada? Infelizmente não, só temos a lamentar e torcer para que os órgãos de fiscalização e a própria Polícia Federal façam alguma coisa”, ponderou.

Via Assessoria de Imprensa 
Postagem Anterior Próxima Postagem