A população tem demonstrado interesse crescente pelos debates e decisões políticas adotados entre os 24 deputados da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), neste período de pandemia. A evidência mais forte dessa migração é o aumento de quase 50% em adesões (inscrições) e interação dos internautas, em algumas redes redes sociais da Casa, @assembleiadoamazonas.

De acordo com relatório expedido pelas plataformas Facebook e Youtube, nas quais as Sessões do Plenário virtual são transmitidas ao vivo, nas terças, quartas, quintas-feiras e em dias de convocação extraordinária, os acessos estão batendo recordes, No dia 22 de abril, foi registrado o maior pico de visualizações diretas do vídeo da sessão, com 91.813 pessoas assistindo a Sessão.

Ainda com base nos relatórios das plataformas referentes ao dia 22 de abril, foi possível identificar crescimento no alcance da live, que passou de 167.911 para 272.584. O engajamento nesse dia foi de 50.718. Com isso, a página da Aleam no Facebook passou a ter mais 1.320 seguidores, com crescimento de 49.42%.



Redes consolidadas

Projeto encampando pelo presidente da Aleam, Josué Neto, no início da 19ª Legislatura, as transmissões ao vivo pelas redes sociais foram adaptadas para atender ao trabalho home-office de deputados (as) e assessores.

Para que os internautas tenham acesso às Sessões por diversos dispositivos, a Diretoria de Informática da Assembleia trabalha com uma equipe de técnicos full time e uma plataforma de fácil acesso e manuseio.



Novos seguidores
A servidora pública aposentada, Jovita Farias, diz que tem acompanhado atentamente o desenrolar das ações do Parlamento, em virtude da pandemia. Ela, que mora na Região Metropolitana de Manaus, reconhece que é por meio do que vê nas transmissões ao vivo da Aleam, que forma sua opinião sobre a qualidade do trabalho dos deputados.

Antes da pandemia acompanhava a Aleam por alto. Apenas pelas notícias dos jornais, mas agora, com tudo que está acontecendo estou mais atenta. É a partir do que os deputados decidem, que estamos pautando toda a nossa rotina. Além disso, é preciso estar ciente sobre quem está trabalhando pela população”, comentou Jovita Farias.

O comerciante Manoel de Jesus, que mora no bairro Monte das Oliveiras em Manaus, acompanha as Sessões virtuais com a ajuda da filha. “Não sou muito paciente com essas novas tecnologias, mas preciso saber o que os deputados estão decidindo, porque disso depende o sustento da minha família. Minha filha conecta no celular dela e fico assistindo”, disse Manoel de Jesus.



Análise

De acordo com o cientista político, Jack Serafim, as mudanças causadas pela comunicação globalizada levaram a Aleam a adotar uma postura próxima e transparente junto à comunidade. “Não é que as pessoas não se interessavam pelo que era debatido na casa. Mas as distâncias sempre impediram essa participação. Nas redes sociais, TV e rádio, a Assembleia entra dentro das casas, dos carros, na palma da mão dos cidadãos, independente das distâncias. Os deputados agora podem ter em tempo real a opinião popular, se aproximando ainda mais de seus anseios e das soluções.




Diretoria de Comunicação da Aleam
Postagem Anterior Próxima Postagem