Clube mantém contato direto com prefeitura e governo do estado para evitar conflitos e já divulga internamente programação semanal. Jogadores realizam avaliações físicas no CT



A nota oficial divulgada nesta terça-feira é discreta, fala em avaliações, mas o Flamengo é o terceiro clube no Brasil a retomar suas atividades no departamento de futebol. Duas semanas depois de Grêmio e Internacional, o clube revela que todos os testados nos últimos dias deram negativo para Covid-19 e já realiza trabalhos no campo do Ninho do Urubu.

Com elenco dividido para evitar aglomerações e protocolos rígidos de segurança no combate ao coronavírus, a comissão técnica avaliou a condição física do elenco após mais de dois meses com treinamentos remotos. Já há programação definida para o restante da semana.


O Flamengo reforça em todos os seus posicionamentos que "segue o protocolo acordado com a Ferj e realiza todos os procedimentos seguindo as medidas de higiene e distanciamento". Amparado judicialmente diante dos decretos públicos, o Rubro-Negro segue em contato constante com as autoridades estadual e municipal.


O diálogo fez com que o clube tomasse a decisão de retornar aos trabalhos sem o temor de sanções. Em um primeiro momento, o governador Wilson Witzel foi o primeiro a flexibilizar diante das garantias de segurança apresentadas para o Ninho do Urubu. Já o prefeito Marcelo Crivella se mostrou reticente após reunião com seus pares, mas está aberto a manter conversas.


Apesar do reinício dos trabalhos, não há previsão de jogos para o Flamengo. O clube ainda tem um máximo de seis datas a disputar pelo Carioca, além do restante da fase de grupos da Libertadores, a Copa do Brasil e o Brasileirão.

Postagem Anterior Próxima Postagem