Todos nós ficamos ansiosos. Todos nós sentimos um grande estresse, medo e preocupação que aumentam devido a muitas circunstâncias em nossas vidas durante a pandemia.

Esses sentimentos podem nos incapacitar, mas podemos fazer algo a respeito disso. Vamos compartilhar com você algumas dicas de como podemos combate-los.



1. Reconhecer que sentimentos de estresse são normais




Quem não ficaria estressado durante essa época? Não sabemos quando essa pandemia irá terminar. E ela tem nos afetado de tantas maneiras nas últimas semanas que estar despreocupado não é algo normal.

Muitas pessoas dizem para termos pensamentos positivos e apesar de ajudar bastante, precisamos reconhecer que não é um problema nos sentirmos preocupados. Suprimir nossos sentimentos pode levar a mais estresse e ansiedade.

Reconheça-os, observe quais são suas fontes e identifique o que pode controlar para ajudar a minimizar as preocupações e tenha sempre em mente as restrições na comunidade, regras de pandemia que precisam ser seguidas se decidir fazer algo a respeito.


2. Agir sobre o que temos controle



Esses tempos de incertezas podem levar a sentimentos de fraqueza, mas o bom é que não somos fracos – não totalmente. Há aspectos em nossas vidas que estão sob nosso controle.

Podemos escolher nos afastarmos da mídia e diminuir as informações que consumimos. Há inúmeras fontes de informação circulando na internet que podem trazer confusão e aumentar a ansiedade.

É aconselhável que estejamos sempre atualizados do que está acontecendo em nossa comunidade, e até mesmo ao redor do mundo, mas informação demais também pode ser prejudicial.

Podemos escolher uma ou duas plataformas que confiamos e nos atermos a elas. Também é importante limitar o quanto buscamos por atualizações e aprender a dar um passo para trás quando nos sentirmos sobrecarregados.

Podemos escolher compartilhar somente informações previamente verificadas e confiáveis.

Também podemos escolher seguir as orientações de pandemia estabelecidas em nossas cidades, lavar as mãos, praticar exercícios físicos em casa, fortalecer nosso sistema imune e tomar precauções extra quando precisarmos sair para comprar comida, remédios ou outros itens essenciais.

Aqueles que trabalham em casa, podem escolher trabalhar como fariam em seu local de trabalho e ter um dia de trabalho honesto.


3. Concentrar-se no presente




Uma das fontes da ansiedade é a preocupar-se com o futuro e tentar prever o que acontecerá em seguida.

Estas preocupações podem nos impedir de fazer decisões lógicas para o presente.

Quando concentramos nossa atenção no presente, podemos nos apegar ao que precisamos fazer agora para que possamos ver os efeitos positivos no futuro.

Isso ajudará a diminuir o nosso estresse, melhorar nosso humor e aumentar nossa positividade de modo geral.


4. Ajudar ao próximo



Em meio as histórias que ouvimos sobre pessoas brigando por álcool em gel e partidos políticos discutindo sobre quem deve ser o culpado, também ouvimos muitas histórias de caridade e esperança.

Alguns dos sentimentos negativos que temos em meio a essa pandemia vêm do sentimento de impotência. Podemos recuperar nosso senso de controle sobre nossas vidas, quando servimos ao próximo.

Algo que pode nos ajudar é encontrar pessoas que precisam de nossa ajuda. Pode ser muito clichê, mas estender a mão ao nosso próximo pode nos ajudar a combater os nossos sentimentos negativos.

Mesmo sob a orientação de isolamento social e para ficar em casa, ainda podemos ajudar sem comprometer a nossa segurança.

Talvez um vizinho mais idoso precise de ajuda para fazer suas compras de mercado ou farmácia. Podemos deixar as compras em sua porta e talvez ajudar com transações financeiras online.

Outras pessoas simplesmente precisam conversar no telefone. Uma palavra de conforto, até mesmo virtualmente, pode ajudar.

Também podemos fazer doações para instituições de caridade e outras iniciativas de serviço em nossa comunidade.

E por fim, nossa maior contribuição para essa crise é ficar em casa para prevenir a propagação do vírus.


5. Encontrar a paz por meio da meditação e oração



É reconfortante saber que existe um ser poderoso que pode acabar com essa crise, só não sabemos quando será o tempo do Senhor.

Podemos encontrar a paz ao buscar saber a vontade do Senhor em meio a tudo o que está acontecendo, e o que podemos fazer como Seus servos durante esses tempos desafiadores.

Quando todo o resto falhar, podemos ter a certeza de que Ele escuta as nossas silenciosas orações e petições.

O Seu amor é real e Sua graça é suficiente para nos ajudar durante esses tempos de escuridão. Podemos busca-lo em fervorosa oração e entregar todas as nossas preocupações e medos a Ele.

Durante esses tempos de confusão, podemos confiar nessa promessa de paz que vem do Salvador,


Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize”.

Sempre haverá incerteza quanto ao futuro, não importa o quanto lutemos para eliminá-la.

Podemos combater essas incertezas ao reconhecermos que nossos sentimentos de medo e preocupação são válidos, nos concentrarmos no presente e no que está sob nosso controle, ao ajudarmos o nosso próximo e ao encontrarmos paz no Príncipe da Paz, o nosso Salvador Jesus Cristo.

Via: Maisfe.org
Postagem Anterior Próxima Postagem