A Itália impôs um número recorde de multas na segunda-feira de Páscoa, dia festivo na península, celebrado tradicionalmente com um passeio pelos arredores da cidade.


Na Itália, a polícia multaram em 400 euros (R$ 2.270, aproximadamente), por violação do confinamento em tempos de Covid-19, uma senhora romana que passeava com sua tartaruga nesta terça-feira (14).


"Os guardas do distrito romano de Centocelle multaram uma mulher de 60 anos descoberta fora de casa, sem justificativa" e apesar das medidas de contenção em vigor para conter a pandemia do novo coronavírus, anunciou a assessoria de imprensa do Corpo de Carabineiros, nesta terça.


A senhora "caminhava com sua tartaruga" e "deu uma singular justificativa, alegando que havia saído de casa para caminhar com sua tartaruga", relataram os carabineiros, no comunicado.


Foi, então, multada em 400 euros, disse à AFP o major Nunzio Carbone.


A Itália impôs um número recorde de multas na segunda-feira de Páscoa, dia festivo na península, celebrado tradicionalmente com um passeio pelos arredores da cidade.


De acordo com o Ministério do Interior, entre domingo e segunda, foram feitos 465 mil controles que levaram à aplicação de 30 mil multas.


O pais teve mais de 20 mil mortes causadas pela Covid-19, de acordo com dados da universidade dos EUA Johns Hopkins.

Via G1 
Postagem Anterior Próxima Postagem