No começo do mês o deputado estadual Felipe Souza (Patriota) esteve no Instituto de Tecnologia do Norte (ITN), para conhecer de perto o trabalho de técnicos e engenheiros que estão desenvolvendo respiradores para ajudar o sistema de saúde do estado no tratamento de pessoas com a Covid-19.

O Instituto chegou a um protótipo e tem capacidade de produzir cerca de 100 respiradores ainda neste mês de abril. De acordo com Ronaldo, um dos engenheiros do Instituto, é preciso uma força tarefa para fabricação de mais equipamentos. “A nossa limitação hoje é por conta de recursos financeiros e matéria prima”, disse ele.

O deputado se colocou à disposição para ajudar na causa e em pronunciamento na Sessão virtual da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), na manhã desta quinta-feira (16), o parlamentar ressaltou que eles estão trabalhando na finalização deste modelo de respiradores para distribuição nos hospitais da capital e o interior do estado, com um modo de funcionamento bem simples e viável para atender a população da Manaus e dos municípios. Felipe afirmou também ter recebido a notícia de que o ITN conseguiu, junto a médicos, intensivistas e fisioterapeutas, laudo para validar o equipamento desenvolvido. “A elaboração desses equipamentos é algo de grande valor e importância, uma medida que vai salvar vidas” continuou o deputado.

Souza disse também que vai encaminhar todos os dados coletados em recente visita ao local ao governador Wilson Lima (PSC), para que o Estado tome as devidas providências quanto ao auxílio para produção em larga escala dos equipamentos.



Respiradores

Estima-se que aproximadamente 5% das pessoas com a Covid-19 sofram a chamada Síndrome do Desconforto Respiratório Agudo (SDRA), e os respiradores permitem economizar tempo para que o tratamento entre em vigor, ou seja, em quadros graves da doença, o equipamento é essencial para aumentar as chances de sobrevivência do paciente.

Via Assessoria de Imprensa
Postagem Anterior Próxima Postagem