Preocupado com os danos à saúde mental que o isolamento social pode trazer aos amazonenses, o deputado estadual, Felipe Souza (Patriota), enviou um requerimento à Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), na manhã desta terça-feira (14), indicando ao governador, Wilson Lima (PSC), que o Estado crie centrais de atendimento e suporte psicológico on-line destinados as pessoas que estão em quarentena devido a pandemia do coronavírus (Covid-19).

As medidas adotadas para conter o avanço do novo coronavírus podem ser bastante difíceis para algumas pessoas. Essa mudança comportamental repentina e a diminuição das relações interpessoais, associados a um estresse coletivo de medo, podem resultar em diversos transtornos psicológicos, é o que afirmou o vice-presidente da Associação Brasileira de Psiquiatria, Claudio Martins, em uma entrevista; ele ressaltou também que aproximadamente 25% da população brasileira possui algum grau de depressão e que a falta de cuidados durante o isolamento pode fazer esse número disparar.


“Com o fechamento de escolas, comércios e estímulos ao home office, as pessoas estão isoladas dentro de suas próprias casas, muitos delas sozinhas, em pequenos espaços e por um período ainda desconhecido. Esse rompimento na rotina, o afastamento de amigos e familiares pode, sem dúvida, causar um forte impacto na vida de pessoas com problemas de saúde mental pré- existentes ou não”, salientou o parlamentar que disse também ter conversado com alguns especialistas da área para embasar seu requerimento, dentre eles, a médica psiquiatra dra. Alessandra Pereira que destacou dados relacionados ao tema, “no mundo todo tem sido feito estudos sobre o impacto dessa pandemia na Saúde Mental. Os dados nos mostram que 44% das pessoas tem desenvolvido Transtorno de Ansiedade e 16,6% Depressão. Não é só a epidemia do vírus. Também temos uma Pandemia do Medo, pelas incerteza do futuro diante dessa ameaça à humanidade”, disse a especialista.

Em pronunciamento na Sessão virtual da Aleam, o parlamentar pediu urgência nas tratativas de implementação desse sistema, visto se tratar de um assunto de extrema relevância e apoio à população.

Via Assessoria de Imprensa 
Postagem Anterior Próxima Postagem