A Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam) acendeu o sinal de alerta para o estoque de sangue. Desde o início desta semana, a presença de doadores caiu em mais da metade, em comparação à semana anterior. O volume de bolsas no estoque também caiu de quase 900 bolsas de sangue para pouco mais de 400 no mesmo período.

Mesmo com o hemocentro adotando medidas para evitar aglomerações de pessoas, agendamento, alteração do layout das salas de espera para manter uma distância mínima entre os doadores, e colocando dispensadores de álcool em gel à vontade, as doações são cada vez mais reduzidas.

De acordo com a diretora do Hemoam, Socorro Sampaio, a situação começou a ficar preocupante. Só para os pacientes com doenças do sangue em tratamento na instituição, o consumo mensal é de quase 500 bolsas em média.

“Precisamos abastecer a capital e parte do interior diariamente. São vítimas de acidentes, pessoas que precisam fazer cirurgias, além dos nossos pacientes. A pandemia desacelerou o funcionamento de tudo, mas o consumo dos produtos sanguíneos ainda é alto”, alertou.

O Hemoam é responsável pelo abastecimento de sangue de todas as unidades de saúde da capital e grande parte do interior, sejam elas públicas ou privadas.


Agendamento – Para evitar a aglomeração de pessoas na doação de sangue, o Hemoam está chamando a atenção dos doadores cadastrados para que agendem a visita ao hemocentro. Para agendar, o doador só precisa ter cadastro no Hemoam e entrar em contato pelos números (92) 3655-0270 ou 3655-0271, ou ainda pelo site da Fundação (www.hemoam.am.gov.br), clicando na aba “Agende sua doação”.

Para doar, é preciso ter entre 16 e 60 anos, pesar mais de 50 quilos e estar com boa saúde. Menores de 18 anos só podem doar acompanhados dos pais ou responsável legal. É preciso ainda estar bem alimentado e portar documento de identidade com foto. Nesse período de pandemia, os doadores de 60 anos em diante estão sendo orientados a adiarem as doações para a partir do segundo semestre do ano.

As doações podem ser realizadas de segunda a sábado, das 7 hs às 18 hs, na sede do Hemoam, na avenida Constantino Nery, 4.397, Chapada, região centro-sul da capital; ou de segunda a sexta-feira, das 8 hs às 12:30 hs, na unidade de coleta da Maternidade Ana Braga, na avenida Cosme Ferreira, s/nº, bairro São José, zona leste.



FOTOS: Divulgação/Hemoam


Mais informações: Assessoria de Comunicação da Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam): Felipe Nascimento (98151-7969 e 3655-0245).
Postagem Anterior Próxima Postagem