Um homem identificado como Rômulo Costa Gomes dos Santos, de idade não revelada, morreu na noite desta quinta-feira (16), após uma intervenção das Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam), na Unidade Pronto Atendimento (UPA) do bairro Cidade Nova, zona norte.

O indivíduo teria ido ao local para se consultar, mas por conta da demora do atendimento, perdeu o controle e com uma faca, fez um auxiliar de serviços gerais como refém. A Rocam foi ao local e para neutralizar o homem, que já havia ferido o funcionário, efetuou um disparo.

Segundo o delegado Guilherme Antoniazzi, plantonista da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) o homem foi até a UPA solicitar atendimento. Como não foi atendido, “surtou” e fez de refém um funcionário. Para neutralizar o homem, a polícia efetuou o disparo. Rômulo morreu no local.

O funcionário ferido foi atendido, medicado e depois levado à delegacia para prestar esclarecimentos. Os agentes do Instituto Médico Legal (IML) fizeram a remoção do corpo e levaram para sede do órgão, também no bairro Cidade Nova, onde vai aguardar a identificação dos familiares. A DEHS investiga o caso.

Postagem Anterior Próxima Postagem