Em discurso na Sessão virtual da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), na manhã desta segunda-feira (20), o deputado Belarmino Lins (Progressistas) apresentou Moção de Apelo ao Governo do Estado pedindo a urgente instituição de policiamento em todas as unidades do sistema estadual de saúde visando garantir segurança aos profissionais de saúde no atendimento emergencial da população neste período de enfrentamento da pandemia do novo coronavírus, causador da Covid-19.

O apelo, de acordo com o parlamentar, envolve hospitais, Serviços de Pronto Atendimento (SPAs) e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) da rede estadual de Saúde em toda Manaus. “Não podemos ser surpreendidos por agressões a médicos e enfermeiros, é preciso preservar a integridade física desses profissionais”, disse o parlamentar, chamando a atenção para o clima de tensão e ânimos acirrados dentro das unidades de saúde.

Segundo o líder progressista, vídeos que circulam nas mídias sociais testemunham cidadãos desesperados e exaltados, provocando danos às estruturas materiais das unidades de saúde. O quadro preocupante levou o parlamentar a apelar ao governador Wilson Lima (PSC) e ao seu vice, Carlos Almeida (PRTB), bem como ao comandante-geral da PMAM, coronel Ayrton Norte, e ao secretário de Estado da Segurança Pública, coronel Louismar Bonates, pedindo a instituição de um urgente esquema de policiamento em SPAs e UPAs para proteger os profissionais de saúde empenhados no combate ao novo coronavírus.



Junta Governativa

Ainda durante seu pronunciamento nesta segunda-feira, Belarmino Lins propôs a formação de uma Junta Governativa de profissionais médicos para fortalecer, com novas ideias, as medidas oficiais de luta para debelar a Covid-19. Na ocasião, o parlamentar citou os nomes dos médicos Jesus Pinheiro, Arnoldo Andrade, Tirano e Nelson Fraiji como sugestão para a Junta. “Acredito que esses profissionais são gabaritados para dar sua parcela de colaboração neste momento de grande combate a covid-19”, destacou o parlamentar, que não descarta, ainda, uma intervenção federal na saúde do Estado como uma “medida extrema” para debelar o coronavírus.



Dia do Exército

A Assembleia Legislativa aprovou ontem Moção de Parabenização de Belarmino Lins ao Comando Militar da Amazônia (CMA), na pessoa do general Estevam Theophilo de Oliveira, pelo transcurso do Dia do Exército Brasileiro comemorado em 19 de Abril. “Dentre as datas cívicas de maior relevo em nosso País destaca-se o Dia 19 de Abril, que marcou o nascimento do glorioso Exército Brasileiro. A data nos lembra a Batalha de Guararapes, quando os militares brasileiros mostraram bravura indômita na defesa do território nacional contra o invasor estrangeiro”, destacou.

A Batalha de Guararapes, conforme o deputado, “inaugurou um sentimento genuíno de pertencimento à terra e de amor à Pátria”. Na Moção, o parlamentar destaca o importante papel do Exército na Operação Covid-19, ocupando a linha de frente da luta do Governo Federal e dos Governos Estaduais e Municipais contra o novo coronavírus.

Via Assessoria de Imprensa 
Postagem Anterior Próxima Postagem