A Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) iniciou um processo de higienização de todo o complexo de prédios que compõem o Poder Legislativo estadual, nesta segunda-feira (13). Os ambientes e maquinários utilizados pelos servidores no dia-a-dia estão passando por um “pente fino”, que faz parte do pacote de medidas de combate ao novo coronavírus. O Poder Legislativo está com as atividades presenciais suspensas desde o último dia 18 de março, quando a Mesa Diretora, por meio do presidente Josué Neto (PRTB), publicou Ato no Diário Eletrônico da Casa com uma série de medidas de contenção a propagação da Covid-19.

As primeiras iniciativas adotadas pela Mesa Diretora da Aleam, visando proteger servidores e colaboradores da pandemia, foram a liberação da primeira parcela do 13◦ salário dos servidores a cima de 60 anos, a criação de ações de acompanhamento médico pela Diretoria de Saúde e a instalação do Plenário virtual que permitiu o trabalho home office aos deputados (as) e assessores parlamentares.

Segundo Josué Neto, a higienização é mais uma medida preventiva para resguardar a saúde dos servidores que ainda estão trabalhando em caráter emergencial. “Em primeiro lugar é um compromisso com a vida das pessoas em um momento tão delicado e está dentro da legislação que prevê a sanitização de prédios públicos”, afirmou.



Limpeza

O diretor de Serviços Gerais da Aleam, Heider Bayma, explicou que a manutenção preventiva e corretiva na Aleam são permanentes, já que os trabalhos da Diretoria acontecem como suporte às atividades das Diretorias de Saúde e Casa Militar. “Trabalhamos com o auxílio de funcionários que estão fora dos grupos de risco e com a saúde em dia”, informou.

De acordo com o diretor, as ações iniciadas nesta segunda visam a ampliação dos serviços de limpeza em todos os ambientes da Casa, seguindo todas as orientações do presidente Josué Neto e da Diretoria de Saúde, para salvaguardar a vida dos funcionários envolvidos.

“Começamos pelos subsolos e seguiremos por todos os ambientes da Aleam. Temos colaboradores trabalhando dentro e fora do prédio principal, são cerca de 30 funcionários que estão tendo todo o suporte de proteção com Equipamento de Proteção Individual (luvas e máscaras N95) e logística (transporte) para realizarem essa programação”. Bayma pontuou ainda que estão sendo usados na limpeza: germicidas, água sanitária, álcool, lisofórmio que um desinfetante a base de sabão de potássio e aldeído fórmico.



Medida acertada

A iniciativa foi parabenizada pelo diretor de Saúde da Casa, médico Arnoldo Andrade, que aponta a limpeza como uma grande arma a favor da medicina contra as pandemias e epidemias.

“O que a Assembleia está fazendo é extremamente importante para quebrar a cadeia de transmissão viral. Nós sabemos que esse vírus ainda é desconhecido, existem muitas dúvidas da resistência dele fora do organismo e a limpeza de superfícies e de equipamentos no ambiente, vem no sentido de proteger os colaboradores. É um ato de responsabilidade e próprio da gestão do parlamento que está antenada com a situação”, comentou Andrade.



Diretoria de Comunicação da Aleam
Postagem Anterior Próxima Postagem