O Amazonas tem, nesta quinta-feira (02/04), 229 casos diagnosticados do novo coronavírus (Covid-19). Nas últimas 24 horas, foram confirmados 29 novos casos de Covid-19, doença causada pelo vírus. Ao todo, 35 pessoas estão internadas, sendo 18 em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), em estado grave.

Durante a atualização dos números e das ações de combate ao novo coronavírus, o secretário de Estado de Saúde (Susam), Rodrigo Tobias, e a diretora-presidente da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM), Rosemary Costa Pinto reforçaram a necessidade do isolamento social para controle do Covid-19. O anúncio foi feito na tarde desta quinta, ao vivo, nas redes sociais do Governo do Amazonas.

Dentre os 229 casos confirmados pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Amazonas (Lacen-AM), 205 são moradores de Manaus, um aumento de 26 novos casos em 24 horas. Na live, a diretora-presidente da FVS também informou que subiu para nove o número de municípios do interior com casos confirmados de Covid-19, após a entrada de três casos em Tonantins. Foram diagnosticados casos positivos em Parintins (3), Manacapuru (6), Itacoatiara (4), Santo Antônio do Içá (4), Boca do Acre (1), Anori (1), Novo Airão (1), Careiro da Várzea (1) e Tonantins (3), o que totaliza 24 casos no interior.

A diretora da FVS e o secretário da Susam reafirmaram que o compromisso no enfrentamento da doença está sendo feito pelo Governo do Estado, mas pediram o compromisso da população para cumprirem as medidas de isolamento social. “Portanto, a gente pede da população nesse momento que se sinta responsável. Ficando em casa vocês vão ajudar o sistema de saúde a prestar o cuidado necessário para aqueles que necessitam nesse momento de pandemia”, disse Rodrigo Tobias.

Das 12 mortes notificadas à FVS, três foram confirmadas para o novo coronavírus, três foram descartadas e outras seis seguem em investigação.

“Nós precisamos que a população colabore. Temos, hoje, um volume quase normal de tráfego de veículos nas ruas. Está havendo um sacrifício muito grande por parte dos comerciantes, do Distrito Industrial, dos trabalhadores autônomos (….) para paralisar suas atividades e, mesmo assim, hoje, nós temos 12 óbitos, dos quais três confirmados, três descartados e seis em investigação. É fundamental que o sacrifício de todo mundo que parou de trabalhar valha a pena. Todos têm que aderir à recomendação de permanecerem em casa e permanecerem isolados”, alertou a diretora.

Monitoramento - A diretora da FVS informou que o monitoramento dos pacientes confirmados para a Covid-19, que estão na quarentena, em isolamento domiciliar, será feito por meio de um aplicativo. O canal de monitoramento (Sasi) faz a comunicação entre o paciente em isolamento domiciliar e as autoridades de saúde e vai substituir, a partir desta sexta-feira (03/04), o monitoramento que era feito via telefone, por técnicos da vigilância da FVS e da Secretaria Municipal de Saúde de Manaus (Semsa-Manaus).

“Amanhã (sexta-feira, 03/04) nós estaremos utilizando em todos eles um aplicativo (...) chamado Sasi, que vai nos permitir acompanhar a distância a evolução desses pacientes em isolamento. Isso é muito importante, pois as equipes de vigilância não se exporão a quem tem o vírus, o que protege os trabalhadores da área de saúde. Ao mesmo tempo nos permite acompanhar. E, havendo sinal de gravidade, esses pacientes serão encaminhados para a rede”, detalhou Rosemary.

De acordo com a FVS, até esta quinta, 155 pessoas com confirmação da doença estavam em isolamento domiciliar, outras 36 estavam fora do período de transmissão da doença e 350 aguardam resultado da análise do Lacen.

FTI - O secretário da Susam confirmou que, nesta sexta-feira (03/04), começa a liberar para os municípios do interior a primeira parcela do Fundo de Fomento ao Turismo, Infraestrutura, Serviços e Interiorização do Desenvolvimento do Amazonas (FTI) do ano de 2020, no valor de R$ 23 milhões. O montante, na avaliação do titular da Susam, será um reforço para os municípios fortalecerem as ações de enfrentamento ao novo coronavírus.
Amazonas recebeu 9,6 mil testes rápidos do Ministério da Saúde



O Estado do Amazonas recebeu, nesta quinta-feira (02/04), um lote com 9.600 testes rápidos para novo coronavírus, enviados pelo Ministério da Saúde. Também está sendo aguardada uma primeira remessa de 60.000 testes rápidos adquiridos pelo Governo do Estado. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (Susam), a entrega dos primeiro lote com 30.000 testes está prevista para segunda-feira (06/04).

Durante a coletiva on-line desta quinta-feira, o secretário de saúde, Rodrigo Tobias, explicou o critério de distribuição e aplicação dos testes na rede de saúde.

“Os critérios utilizados para distribuição e uso desses testes de diagnóstico serão primeiramente para os profissionais de saúde e também aos pacientes em situação grave. Vamos distribuir os testes em toda a rede para atender os pacientes que preenchem os critérios do Ministério da Saúde, como casos suspeitos”.

O secretário explicou que o teste será usado para a triagem de pacientes sintomáticos. “Os testes rápidos têm a função mais clínica do que a função de comprovação de estrutura ou fragmento do vírus no ser humano. É por essa razão que fazemos uma triagem usando esse teste e, caso seja positivo, a gente precisa fazer um reteste, uma contraprova, usando a metodologia do RT PCR (de biologia molecular) que é utilizado pelo Lacen”.

A aquisição dos 60.000 testes rápidos faz parte de uma série de medidas adotados pelo governo do Amazonas, que inclui compra de equipamentos de proteção individual (EPI), respiradores e demais insumos para enfrentamento do Covid 19.

Amazonas já imunizou 115 mil idosos contra a Gripe

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza já imunizou 106.468 idosos contra a gripe no Amazonas, segundo dados divulgados pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), nesta quinta-feira (02/04). As doses aplicadas correspondem a 49,13% do total de maiores de 60 anos no Estado a quem está destinada essa primeira fase da campanha.

A vacinação foi antecipada em todo o país, devido à evolução do novo coronavírus (SARS-CoV-2), causador de Covid-19. A população de idosos total no Estado é de 216.699.

Entre os municípios com maior quantidade de doses aplicadas estão Manaus (72.262), Itacoatiara (4.276), Coari (3.504), Careiro da Várzea (1.603) e Autazes (1.289). A campanha está em andamento em todas as cidades do interior do Estado desde o dia 23 de março de 2020 e segue até 22 de maio de 2020.

A diretora-presidente da FVS-AM, Rosemary Costa Pinto, reforça a adesão desse grupo prioritário. “Cada secretaria municipal de Saúde está realizando estratégias para intensificar a vacinação aos idosos, mas é essencial ter a adesão à campanha”, alertou.

De acordo com a coordenadora estadual do Programa Estadual de Imunização da FVS, Izabel Nascimento, os profissionais de saúde estão em campo realizando a campanha, e aproximadamente 27% dos municípios do Amazonas ainda não cadastraram as informações sobre cobertura vacinal dessa primeira etapa de campanha contra a influenza. “Os dados são parciais, e sendo atualizados pelos municípios na medida do possível, em frente ao esforço coletivo em vacinar os idosos o mais precocemente”, informou.

Mas Izabel salienta a importância que os municípios repassem as informações para o Estado para que seja possível avaliar de forma mais precisa o cenário de vacinação no interior do Estado.

“Sabemos de todos os transtornos que há para que cheguem essas vacinas até os nossos municípios, mas precisamos vacinar, principalmente, a nossa população idosa que precisa e deve ser imunizada”, afirmou a coordenadora estadual do Izabel.

Lotes - O Estado do Amazonas recebeu, na sexta-feira (27/03), um novo lote com 95.660 doses de vacina para influenza. As doses serão destinadas para a imunização dos profissionais de saúde, que compõe, junto com os idosos, o grupo prioritário da primeira fase da campanha de vacinação.

A distribuição das doses já foi iniciada, e, até esta quarta-feira (01/04), secretarias de Saúde de 29 municípios já tinham recolhido os lotes. O Estado vai receber, nos próximos dias, um novo lote de vacinas para a segunda fase da campanha, que inicia no dia 16 de abril e vai atender professores das escolas públicas e privadas e profissionais das forças de segurança e salvamento.

Novo Boletim de SRAG – A FVS divulgou, nesta quinta-feira (02/04), a quinta edição do Boletim Epidemiológico da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) no Estado do Amazonas, que corresponde à análise de notificação de novembro de 2019 até o dia 2 de abril de 2020.

Segundo o boletim, foram notificados, até o momento, 500 casos de síndromes respiratórias severas que têm levado à internação e também à Unidade de Terapia Intensiva (UTI) dos hospitais da rede pública e privada. Destes, foram internados 73 casos por vírus respiratórios, sendo identificados 24 casos provocados por adenovírus, 16 casos de influenza B, 13 para Vírus Sincicial Respiratório (VRS), 10 para metapneumovírus, seis para influenza A (H1N1) e quatro para parainfluenza 1.

A FVS informa que no total foram registrados, a partir de novembro, 45 óbitos por SRAG. Desses, dez foram por vírus respiratórios e 35 por outras síndromes respiratórias. Dos dez óbitos todos são residentes de Manaus, cinco adenovírus, três por influenza B, um por Vírus Sincicial Respiratório (VRS) e 1 por metapnemovírus.

Ainda em relação aos óbitos, 80% apresentam pelo menos um fator de risco respiratório, com 66% respectivamente em pacientes idosos, cardiovasculares ou com diabetes, 50% pneumopatas e 16% em crianças de 1 a 4 anos.



Amazonas descarta cinco óbitos e confirma mais duas mortes pelo novo Coronavírus

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) recebeu, nesta tarde (02/04), os resultados dos exames relativos a seis óbitos em investigação como casos de suspeitos por novo Coranavírus (Covid-19). Desses, cinco foram descartados e um confirmado - um homem de 50 anos, sem doença crônica, que estava internado na rede particular e faleceu no dia 1⁰ de abril, por volta das 21h.

Um outro homem, de 85 anos, que havia sido internado no Hospital e Pronto Socorro 28 de Agosto, no dia 26 de março, notificado para Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), faleceu no dia 27 de março e teve seu exame coletado para nova investigação. O resultado também saiu na tarde de hoje e testou positivo para Covid-19. O idoso tinha histórico de hipertensão e diabetes.

Também na tarde desta quinta-feira, a FVS informa que recebeu a notificação de mais um óbito ocorrido com suspeita de Covid-19 no SPA da Zona Sul. Trata-se de uma mulher de 72 anos, com histórico de hipertensão e diabetes, que procurou o SPA assim que sentiu falta de ar. Ela veio a óbito durante o atendimento. A equipe do Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) foi deslocado para unidade para realização de coleta pós-morte.




Via Secom
Postagem Anterior Próxima Postagem