Reunião define estratégia e ações imediatas do colegiado


O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, participou da primeira reunião do Conselho Nacional da Amazônia Legal neste ano. O encontro trata de estruturação, estratégia e ações imediatas do conselho, que foi transferido por decreto presidencial no mês passado do Ministério do Meio Ambiente para a Vice-Presidência da República.

No meio da tarde desta quarta-feira (25), Mourão publicou em seu perfil no Twitter apresentação que indica novas visões sobre a região. “A Amazônia pode gerar muita riqueza. Seu desenvolvimento industrial e tecnológico torna seu futuro ainda mais promissor”, destaca a postagem.



Iniciamos há pouco a 1ª Reunião do . Depois de ouvir todos os ministros que o integram e visitar 8 governadores da região, estou apresentando a estruturação, estratégia e ações imediatas do Conselho. Vamos em frente!

1,699 people are talking about this


Na mensagem, Mourão defende a união dos estados com o governo federal e assinala que o compromisso do conselho é garantir a proteção da Amazônia e que estimular seu avanço é essencial para o Brasil.

Desde a transferência do conselho, Mourão visitou oito governadores de estados que formam a Amazônia Legal. O conselho é formado por representantes de 14 ministérios e tem 13 competências descritas em decreto.

Uma delas é "propor políticas e iniciativas relacionadas à preservação, à proteção e ao desenvolvimento sustentável da Amazônia Legal, de forma a contribuir para o fortalecimento das políticas de Estado e assegurar a ação transversal e coordenada da União, dos Estados, dos Municípios, da sociedade civil e do setor privado.”


Postagem Anterior Próxima Postagem