O Projeto de Lei (PL) que dispõe sobre a garantia de atendimento prioritário ao diabético em toda rede pública e privada de saúde do Amazonas, durante realização de exames. Foi mais uma proposta importante protocolada nessa terça-feira (10), pelo deputado estadual Cabo Maciel (líder do PL), junto à Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), para ser analisada e receber parecer das Comissões Técnicas da Casa.

De acordo com a justificativa apresentada pelo deputado Cabo Maciel, em média o jejum é de doze horas e, ao não ingerir nenhum tipo de alimento, os níveis de insulina produzidos reduzem as moléculas de glicose e a taxa glicêmica abaixa. “Portanto, a demora no atendimento e o jejum prolongado ocasionarão malefícios ao corpo do diabético que poderá ter mal-estar, taquicardia, tonturas, desmaios, sudorese, e, em casos mais graves vir a óbito”, diz trecho do documento.

Diante desse quadro, Cabo Maciel defende um acompanhamento prioritário de Diabetes Mellitus, evitará complicações e o agravamento do quadro clínico.



Mais sobre o PL



Art. 1º – É assegurado atendimento prioritário aos portadores de Diabetes Mellitus em toda rede pública e privada de saúde do Estado do Amazonas, durante as realizações de exames que necessitem de jejum total.

Art. 2º – A prioridade na fila de atendimento se dará concomitantemente com os pacientes, gestantes, idosos e pessoas com deficiência.

Art. 3º – Esta lei entra em vigor na data de sua publicação.

Via Assessoria de Imprensa
Postagem Anterior Próxima Postagem