Na manhã desta quarta-feira (25), um Projeto de Lei (PL) de autoria do deputado Estadual Felipe Souza (Patriota) foi aprovado por unanimidade em votação virtual pela Assembleia Legislativa do Amazonas (PL). O projeto visa a sanitização (desinfecção) de locais fechados de acesso coletivo, públicos ou comerciais, climatizados ou não, em todo o estado do Amazonas.

O projeto foi bastante elogiado por boa parte dos parlamentares, Álvaro Campelo (Progressista) disse que a iniciativa colabora com as ações de combate ao novo coronavírus (Covid-19). Sinésio Campos (PT) ressaltou que o projeto tramita na casa desde 2019 e disse ser de extrema relevância principalmente neste momento, o deputado João Luiz (Republicanos) lembrou que através dessa legislação doenças futuras também serão evitadas.

O deputado Dr. Gomes (PSC) deu exemplos de lugares bastante frequentados pela população e que agora, a partir dessa lei, estariam livres da propagação de vírus infectocontagiosos, o deputado Augusto Ferraz (DEM) ressaltou que o ambiente organizacional também seria beneficiado, o deputado Cabo Maciel (PL), relator da matéria, também parabenizou Felipe Souza e incentivou a todos que proponham propostas tão importantes como essa. Josué Neto, presidente da casa, disse que o deputado Felipe anteviu os acontecimentos e falou que o parlamentar é um homem a frente do seu tempo, a deputada Alessandra Campelo (MDB) concordou com Josué.

O parlamentar, agradeceu a todos e ressaltou que o projeto passou por todas as comissões da Casa, ele disse ainda que a propositura ganhou um valor ainda mais alto por conta da pandemia vivida atualmente. Felipe destacou também que na China e na Europa, esse processo já vem sendo adotado no combate ao vírus que assola a humanidade. “Outro aspecto que deve ser levado em consideração neste projeto, é a questão da qualidade do ar. Além é claro, dessa higienização proporcionar mais segurança ao público frequentador desses locais, prevenindo, controlando e combatendo o surgimento e proliferação de diversos microorganismos nocivos à saúde, incluindo, principalmente, esse novo coronavírus; o projeto também tem outra medida muito eficaz, a promoção de um ar mais limpo, puro e de mais qualidade”, esclareceu o Felipe.

As principais doenças que podem proliferar-se nesses espaços como: ônibus, postos de saúde, escolas, e vários outros de convívio público, levando em consideração especialmente nosso clima, são: asmas, rinites, bronquites, gripes, resfriados, pneumonias, Covid-19.

A Lei 665/2019 entra em vigor assim que publicada no Diário Oficial.




Felipe Souza propõe que arena da Amazônia seja hospital de Campanha


Após ter sugerido ao governador, Wilson Lima (PSC), fechar parcerias com hotéis para hospedar profissionais da área da saúde que lidam diariamente com a situação da pandemia por coronavírus (Covid-19), o deputado estadual Felipe Souza (Patriota) publicou um vídeo nas redes sociais nesta segunda-feira (23), pedindo que o estado utilize espaços como a Arena da Amazônia, o estádio Ismael Benigno (Colina) e até o Hotel Tropical, como hospitais de campanha para atender pacientes vítimas da doença. No vídeo, o parlamentar ressalta ainda que, no Amazonas e no Brasil, não há leitos suficientes para atender toda a população que possivelmente irá se contaminar com o novo coronavírus.

“É preciso aproveitar esse momento de quarentena para governo e prefeitura se mobilizarem atrás de mais leitos” salientou o deputado, e deu ainda outros exemplos de países que também passam pela pandemia, “na Itália muitos têm morrido por falta de leitos para atender, na Alemanha muitos estão contaminados com o vírus, mas lá há leitos suficientes para a população e o número de mortes é baixíssimo” esclareceu Felipe.

Na tarde desta quarta-feira (25), o pedido foi formalizado através de requerimento, solicitando ao governador o reforço de leitos nas unidades esportivas da capital, tais como: Arena da Amazônia, Estádio Ismael Benigno (Colina), Arena Amadeu Teixeira e Estádio Carlos Zamith. Devido a pandemia por coronavírus as atividades nesses lugares estão suspensas. A propositura foi aprovada em reunião virtual da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) e agora espera decisão do Estado.

Felipe Souza ressalta no documento que caso a propositura seja coloca em prática pelo Governo, se dará um grande passo para o descongestionamento nos hospitais, montando estruturas de leitos em tempo hábil e a baixo custo.



Coronavírus (Covid-19)

O Brasil tem 46 mortes e 2.201 casos confirmados por coronavírus. No Amazonas foi registrado na noite desta terça-feira (24), uma morte ocasionada pelo vírus. A vítima morava em Parintins, município distante 369 km de Manaus, tinha 49 anos e sofria de hipertensão arterial sistêmica. A morte foi confirmada no início da noite no Hospital e Pronto Socorro (HPS) Delphina Aziz, na Zona Norte de Manaus.

Conforme o último levantamento, o estado concentra 47 casos confirmados da Covid-19, sendo 45 na capital e dois em Parintins, sendo que um desses casos no município resultou na primeira morte de um brasileiro fora da Região Sudeste.





Via Assessoria de Imprensa

Foto: William Rezende
Postagem Anterior Próxima Postagem