Durante a Sessão Plenária desta quarta-feira (11), na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), a deputada Dra. Mayara Pinheiro Reis (PP) ressaltou as melhorias no Hospital Pronto-Socorro 28 de Agosto, em 45 dias sob administração da diretora Alessandra dos Santos, que estava no Instituto de Saúde da Criança do Amazonas (Icam).

As mudanças foram constatadas em uma visita técnica de urgência realizada nessa terça-feira (10), pela deputada, com a presença da nova diretora e da Secretária Executiva de Atenção Especializada da Capital, Dayana Mejia.

Entre as melhorias estão o maior controle no recebimento e distribuição de medicamentos e material no almoxarifado, manutenção das ambulâncias e de bens móveis como poltronas, colchões e camas troca dos contratos de prestação de serviços de refrigeração, predial e alimentação, climatização do quinto andar e reforma do necrotério.

Para Mayara Pinheiro, o local, que atende em média, 400 a 450 novas pessoas por dia, a maioria por politraumas, já apresenta algumas mudanças em pouco tempo da atual gestão.

"A unidade é referência no tratamento de queimados e recebe pacientes da capital e do interior diariamente. Então, é preciso cada vez mais qualificar o atendimento com ações que beneficiem os profissionais e os pacientes. Claro que ainda é pouco, mas sem dúvida já é um início, pois temos um grande desafio pela frente. E me coloco à disposição para contribuir com o que for necessário e acompanhar esse planejamento de ações do hospital”, explicou.

Uma Audiência Pública deve ser feita, na Aleam, com objetivo de discutir os rumos da administração do 28 de Agosto, no que diz respeito a administração das Organizações Sociais (OS).

Outro ponto de destaque foi o retorno das cirurgias ortopédicas eletivas, sendo realizados de 3 a 5 procedimentos todos os dias, No total, falando de procedimentos cirúrgicos foram feitos no mês de fevereiro 547 cirurgias.

Ainda nesta quarta-feira, Mayara ressaltou a verba federal, no valor de quase R$ 5 milhões, recebida pela Susam, por meio do Fundo de Ações Estratégicas e Compensação (FAEC). Os recursos vão ser utilizados para a regularização das cirurgias gerais e ortopédicas em todo o estado.

Via Assessoria de Imprensa 
Postagem Anterior Próxima Postagem