Essas áreas contemplam 12 municípios do Amazonas e podem atrair bilhões em investimentos e mais empregos para o povo amazonense.


A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) liberou a inclusão de 16 áreas do Amazonas nos blocos de oferta para exploração de Petróleo e gás. Segundo o presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), Josué Neto, as áreas contemplam os municípios de Autazes, Beruri, Borba, Careiro, Itapiranga, Nova Olinda do Norte, Silves, São Sebastião do Uatumã, Urucará, Nhamundá e Parintins.


A ANP havia retirado essas áreas da lista de blocos com potencial para exploração sob a justificativa de que eram terras indígenas. No último dia12 de Fevereiro Josué apresentou, na tribuna da Assembleia Legislativa, o relatório da Funai (Fundação Nacional do Índio) que comprovou que os blocos não estão localizados em terras indígenas.

Agora, com o aval da ANP, essas áreas poderão ser exploradas de forma sustentável e, segundo Josué, podem atrair investimentos que chegam na casa dos bilhões de reais para o Amazonas nos próximos 20 anos.


Via Assessoria de Imprensa 
Postagem Anterior Próxima Postagem