OMS declarou a doença como pandemia mundial



O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (11) que vai conversar com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, para avaliar os próximos passos no controle do novo coronavírus (Covid-19), depois que a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou a doença como pandemia mundial.

"Eu não sou médico. Eu não sou infectologista. O que eu ouvi até o momento [é que], outras gripes mataram mais do que essa", disse, ao chegar no Palácio da Alvorada.

Em pronunciamento veiculado em rede nacional de rádio e televisão, na semana passada, o presidente já havia dito que não há motivo para pânico e convocou a população, em especial os profissionais de saúde, para um trabalho conjunto com o governo para superar a situação. 



Brasil


O número de casos confirmados de coronavírus no Brasil chegou a 52. O balanço foi divulgado pelo Ministério da Saúde no fim da tarde, na segunda atualização publicada no dia.

Segundo os dados oficiais, o número de novas infecções marca um pulo de 15 casos em relação ao divulgado mais cedo, quando o sistema do ministério havia contabilizado 37 casos. Os casos suspeitos saíram de 876 para 907. Já os casos descartados também aumentaram de 880 para 935.

Via Agência Brasil
Postagem Anterior Próxima Postagem