Paciente é uma mulher de 39 anos, que estava na cidade de Londres. A paciente começou a sentir sintomas ontem (12)


A Fundação de Vigilância em Saúde (FVS) confirmou o primeiro caso de infecção pelo novo coronavírus no Amazonas. O anúncio foi feito durante coletiva de imprensa realizada nesta sexta-feira (13), na sede do Governo do Estado.

Segundo a diretora-presidente da FVS, Rosemary Costa Pinto, a paciente infectada pelo Covid-19, é uma manauara de 39 anos que estava na cidade de Londres. A paciente chegou em Manaus na quarta-feira (11) e começou a apresentar sintomas sintomas no dia seguinte.

A mulher procurou um hospital particular e fez os exames, que foram enviados ao Laboratório Central de Saúde Pública do Amazonas (Lacen). De acordo com a FVS, a pessoa infectada está em isolamento domiciliar. A paciente, de acordo com Rosemary Costa Pinto, está bem e estável. "Ela está sem febre. Com poucos sintomas e está em isolamento domiciliar".

E todas as ações de vigilância estão sendo realizadas. "Os contatos que, possivelmente, ela teve na aeronave estão sendo monitorados. Assim como os sintomas que ela pode vir a apresentar", explicou.

A FVS classificou o caso como 'importado', ou seja, a paciente já chegou a Manaus infectada e, portanto, o vírus não está em circulação local. Todas as pessoas que entraram em contato com a paciente estão sendo identificadas e monitoradas.

O Amazonas já descartou oito casos suspeitos do novo coronavírus e ainda investiga três casos suspeitos da infecção respiratória. Todos os pacientes apresentam sintomas gripais e histórico de viagem recente.

Este é o primeiro caso da Covid-19 na região Norte do país. Com isso, sobe para 99 os casos confirmados da doença no Brasil. Mais cedo, o Ministério da Saúde confirmou os primeiros casos de transmissão comunitária do novo coronavírus.




Evitar aglomerações

Durante a coletiva de imprensa a diretora-presidente da FVS - AM, ressaltou que os amazonenses evitem aglomerações. "Evitem grandes eventos onde haverá grande concentração de massa. Os organizadores dos eventos precisam repensar e entender que estamos em um momento delicado. São eles quem decidem sobre a realização do evento", pontuou Rosemary.


Em tempos de "censura" com o jornalismo independente precisamos da ajuda do nosso leitor para nos manter online. Agora você pode apoiar o Amazon Presse através do PIX: 32.688.550/0001-31. Colabore!
Postagem Anterior Próxima Postagem