Na manhã desta quinta-feira (12) o deputado Adjuto Afonso (PDT) informou no plenário da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) que enviou um Requerimento à Secretaria de Segurança Pública (SSP), solicitando, em caráter de urgência, reforço policial e a contratação de serviços de vigilância armada para o Hospital Regional do município de Lábrea (a 702 km de Manaus).

“Recebi várias denuncias da falta de segurança no município de Lábrea. Ontem estive com o prefeito Gean Barros (MDB), tratamos sobre esse assunto, hoje, recebi um oficio do presidente da Câmara, Regifran Amâncio (MDB), com relato de uma situação que aconteceu no município esta semana. Em Lábrea, hoje são quase 50 mil habitantes, queremos que o governo reforce urgentemente a Polícia Militar e Civil e que instale a companhia que já foi criada para que o efetivo corresponda à população”, disse o deputado.

No documento recebido, consta o relato de uma invasão ao Hospital Regional de Lábrea, ocorrida no último dia 11 de março, supostamente feito por integrantes de facções criminosas. “No momento da invasão havia várias pessoas sendo atendidas em consulta médica e no centro cirúrgico. Informamos, ainda, que o caso é reincidente, pois já fizeram médicos reféns e também já atearam fogo em duas ambulâncias ocorrendo perda total de patrimônios”, diz no ofício.

Ainda, conforme informações da mídia local, recentemente ocorreram também dois assassinatos no município, sendo, de um pastor evangélico, na sede do município, e outro na zona rural, em que uma pessoa foi executada com vários tiros.

“Sabemos que os índices de violência em todo país têm atingido proporções cada vez maiores, cujas razões, apontam estudos, serem as mais diversas possíveis. Atualmente há um grande índice de assassinatos e assaltos ocorrendo em Lábrea, portanto, manifesto minha preocupação em virtude dessa grave situação de violência e terror sofrida por todos os munícipes”, diz o parlamentar no Requerimento.

Via Assessoria de Imprensa
Postagem Anterior Próxima Postagem