Dos cerca de 7,7 bilhões de seres humanos apenas 175 mil foram contaminados e a maioria se recupera bem, o momento "NÃO É" de pânico mas de ter disciplina e respeitar as orientações das autoridades em saúde


O novo coronavírus causou pelo menos 7.007 mortes em todo o mundo desde que apareceu em Dezembro, de acordo com um balanço estabelecido pela Agence France-Presse com base em fontes oficiais, nesta segunda-feira às 17h00 GMT (15h00 horário de Brasília).

Desde o início da epidemia, mais de 175.530 casos de contágio foram contados em 145 países ou territórios. No dia anterior, no mesmo horário, foram 587 novas mortes e 11.597 infecções em todo o mundo.

Nas últimas 24 horas, os países que registraram mais mortes foram Itália, com 349 novas mortes, Irã (129) e França (36) e Espanha (21).

A China continental (sem contar Hong Kong e Macau), onde a epidemia eclodiu no final de dezembro, tem um total de 80.860 pessoas infectadas, das quais 3.213 morreram e 67.490 foram completamente curadas.

Nas últimas 24 horas, 16 novos casos e 14 mortes foram registrados. No resto do mundo, nesta segunda-feira foram registradas 3.794 mortes (573 a mais que no dia anterior) e 94.676 casos (11.581 novas infecções).

Depois da China, os países mais afetados são Itália, com 2.158 mortes e 27.980 casos, Irã com 853 mortes (14.991 casos), Espanha com 309 mortes (9.191 casos) e França com 127 mortes (5.423 casos).

No domingo, Portugal, Bahrein, Hungria, Guatemala, Luxemburgo anunciaram as primeiras mortes relacionadas ao novo coronavírus em seu território. Trinidad e Tobago, Libéria, Somália, Tanzânia também diagnosticaram seus primeiros casos.

Nesta segunda-feira, a Ásia tinha 92.260 infecções (3.337 mortes), a Europa 61.073 (2.711), o Oriente Médio 16.530 (869), Estados Unidos e Canadá 4.126 (70), América Latina e Caribe 815 (7), África 374 (8) e Oceania 358 (5).

Esse balanço foi feito usando dados das autoridades nacionais compiladas pelos escritórios da AFP e com informações da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Os critérios para preparar balanços para amostragem variam de país para país.



Via AFP
Postagem Anterior Próxima Postagem