A deputada professora Therezinha Ruiz (PSDB), reforçou nesta quarta-feira (19), o seu compromisso com o direito à educação, para os alunos com deficiência. “Não se pode negar ao estudante com necessidades especiais, o acesso ao ensino, para isso, os gestores precisam se conscientizar sobre os direitos de acessibilidade e a escola tem que oferecer as condições pedagógicas necessárias à formação desses alunos”, observou a deputada.


Da tribuna da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), Therezinha destacou que a educação é um direito constitucional de crianças e adolescentes, que tem que ser seguido por todos, referindo-se á decisão da Justiça Federal no Amazonas, que determinou que a União pare de recusar matrículas no Colégio Militar de Manaus (CMM), aos estudantes que apresentem deficiência física ou intelectual.


Presidente da Comissão de Educação da Aleam, Therezinha Ruiz disse que a expectativa é de que as providências sejam tomadas em curto prazo, para que o espaço físico do CMM se adapte às normas de acessibilidade e que assegure atendimento pedagógico adequado aos alunos com deficiência.


Como professora de longa carreira no Magistério, Therezinha destacou a importância da presença nas escolas, de equipes multidisciplinares com psicólogos, assistentes sociais, fonoaudiólogos para fazerem o acompanhamento especializado que garanta o aprendizado adequado dos alunos com necessidades especiais.


A deputada lembrou ainda, qu
e quando exerceu o cargo de secretária municipal de Educação, foi responsável pela construção do Complexo de Educação Especial André Vidal de Araújo, no Parque Dez, então o único estabelecimento de ensino com atendimento aos alunos com deficiência, e que se mantém como referência.




Autismo


Therezinha Ruiz é autora da Lei que instituiu a “Semana Estadual de Conscientização do Autismo” nas escolas da rede estadual de ensino, que visa promover o respeito e a inclusão social das pessoas que apresentam o Transtorno do Espectro Autista (TEA).


A Lei estabelece a realização anual da semana, a partir de 2 de abril, data em que é celebrado o Dia Mundial de Conscientização do Autismo, e integra o calendário oficial de eventos do Estado.


A “Semana Estadual de Conscientização do Autismo” promoverá campanhas nas escolas, com seminários, palestras e orientações sobre o transtorno que afeta um número cada vez maior de crianças. As atividades contarão com a participação dos professores, pedagogos, alunos e seus responsáveis e da comunidade onde está inserida a escola.


Via Assessoria de Imprensa 
Postagem Anterior Próxima Postagem