"Em relação às matérias divulgadas nos veículos de comunicação do Estado do Amazonas, que trata da falta de mão-de-obra local nas obras da Eneva no município de Silves, a empresa esclarece os pontos a seguir:

- O projeto Campo de Azulão, localizado em Silves, que consiste na exploração e produção de gás natural na bacia do Amazonas, teve as obras iniciadas em outubro de 2019. Desde então, as empresas contratadas pela Eneva para executar as obras estão comprometidas com a contratação de mão-de-obra local, priorizando os municípios onde o empreendimento está instalado e considerando também o Estado do Amazonas como um todo.
- No momento, duas empresas contratadas pela Eneva executam as obras de implantação do Campo de Azulão. Uma delas, empreiteira amazonense com sede em Manaus, conta com 153 trabalhadores, todos moradores do Estado; e a outra, que mantém uma filial na capital, atua com 98 funcionários, sendo 79% residentes locais.

- Durante o pico das obras, entre maio e junho deste ano, a estimativa é de que 800 postos de trabalho sejam gerados pelas empresas contratadas, abrindo novas oportunidades para os moradores da região.
- Está prevista ainda a geração de cerca de 170 postos de trabalho por uma empresa de logística de Manaus, contratada pela Eneva para transportar o gás natural que será produzido no Campo de Azulão. As vagas são destinadas aos moradores do Estado.

- Vale ressaltar que as obras do projeto Campo de Azulão também estão movimentando segmentos da economia da região, com a contratação de serviços regulamentados que geram postos de trabalho e o recolhimento de impostos. Entre os serviços utilizados pela Eneva estão o fornecimento de alimentação para os trabalhadores, transportes para deslocamentos, rede hoteleira, alugueis de equipamentos de empresas locais e serviço de segurança patrimonial.

- O Campo de Azulão será o primeiro a produzir gás natural na Bacia do Amazonas a partir de 2021. A Eneva acredita que o empreendimento, que tem investimentos da ordem de R$ 1 bilhão, inicia um novo ciclo de desenvolvimento para a região e vai garantir a produção de energia que será consumida no país.

- A Eneva é uma empresa integrada, que une a atividade de produção de gás natural em terra à geração de energia. As operações da empresa estão concentradas no Norte e Nordeste do país e contribuem para o aumento da segurança energética das regiões e para a modicidade tarifária. A companhia é responsável por 46% da capacidade instalada de geração térmica do subsistema Norte e 11% da capacidade instalada de geração a gás do país".



Via Assessoria de Imprensa Eneva
Postagem Anterior Próxima Postagem