Vítimas afirmam que a ação feita pelos criminosos é muito rápida e acaba sendo quase impossível identificar os suspeitos


Em Olinda, Pernambuco, foliões passaram por momento de desespero ao serem vítimas de agulhadas durantes as festas de rua no Carnaval. Na manhã do domingo (23), um hospital local recebeu cinco ocorrências e entre os feridos estava uma criança.

Vítimas afirmam que a ação feita pelos criminosos é muito rápida e acaba sendo quase impossível identificar os suspeitos. Todas as vítimas fizeram exames emergenciais e todos deram negativo para contaminações.

Até o momento, nenhum dos suspeitos foi identificado.


Via Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco
Em tempos de "censura" com o jornalismo independente precisamos da ajuda do nosso leitor para nos manter online. Agora você pode apoiar o Amazon Presse através do PIX: 32.688.550/0001-31. Colabore!
Postagem Anterior Próxima Postagem