Neste feriado prolongado líderes de movimentos de direita e conservadores estiveram reunidos para estabelecer o cronograma que vai inserir o Estado do Amazonas na Mobilização Nacional que ocorrerá no dia 15 de Março de 2020 (domingo) em todo Brasil em apoio ao Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, e ao Ministro do Gabinete de Segurança Institucional – GSI, General Augusto Heleno.

O evento ocorrerá na cidade de Manaus no dia 15 de Março de 2020 ( domingo) na área externa do Anfiteatro da Ponta Negra a partir das 15:00 hs da tarde, com a participação de ativistas de direita e conservadores apoiadores do Presidente Bolsonaro que prometem uma grande mobilização patriótica com participação do cantor El Veneco, carro de som e muitos discursos em apoio ao Presidente da República.

A Mobilização Nacional em apoio ao Presidente Bolsonaro começou a tomar corpo após o General Heleno ter sido duramente criticado pelo Presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia e Presidente do Senado Davi Alcolumbre que se irritaram com a fala do General de Exército que já foi Comandante Militar da Amazônia. Heleno, no dia 19 do corrente mês em conversa privada com integrante do Governo Federal discutindo a questão da execução de emendas parlamentares ao orçamento, e sem saber que estava sendo captado fez a seguinte afirmação: “ Não podemos aceitar esses caras chantagearem a gente o tempo todo”, depois, disparou ao final da fala um “foda-se”. Essa fala gerou uma imensa crítica histérica de políticos e extrema imprensa que se consideram donos da democracia brasileira acusando o General Heleno de “extremista ideológico”.

Os movimentos de direita e conservadores responsáveis pela organização da mobilização no Amazonas são: Advogados Pró Bolsonaro Brasil, Advogados na Aliança Amazonas, Endireita Amazonas, Conservador Amazonas, Direita Norte, Mulheres Conservadoras do Amazonas, Mulheres Conservadores da Amazônia, Veteranos na Aliança Amazonas, Cristãos na Aliança Amazonas, Industriários do Amazonas com Bolsonaro. Um dos organizadores, Felipe Silva líder do Endireita Amazonas destaca que o Poder Executivo encontra-se refém de parlamentares que desejam a todo custo travar as pautas do Governo de interesse nacional, Sergio Kruke, líder do Movimento Conservador Amazonas defende a fala do General Heleno na medida que a mesma reflete o entendimento do povo brasileiro, que o Presidente Bolsonaro não consegue avançar mais nas pautas porque há muita chantagem institucionalizada para liberação de verbas impositivas de forma desequilibrada. Renner Rodrigues, líder do Movimento Direita Norte é categórico em destacar que a participação dos amazonenses fará grande diferença no dia 15/03, sem o apoio popular os inimigos da Pátria derrubarão o Presidente Bolsonaro, vamos sair em defesa do Presidente, complementa o ativista de direita.

O advogado Paulo Maffioletti idealizador do Movimento Advogados Pró Bolsonaro Brasil e Advogados na Aliança Amazonas destaca que a pauta exclusiva da mobilização do dia 15/03 é a defesa do Presidente Bolsonaro, não discutiremos qualquer outra pauta local senão àquelas de interesse nacional, qual seja, apoio incondicional ao Presidente da República e ao General Heleno, a advogada Lúcia Barreta idealizadora do Movimento Mulheres Conservadoras da Amazônia conclui que é importante a participação dos apoiadores do Presidente Bolsonaro e que a mobilização não é fazer crítica ao governo estadual, mas tão somente prestar apoio incondicional ao Presidente Bolsonaro e ao General Heleno.

O Legislativo se articula para ganhar mais poder sobre parte de 80 Bilhões de Reais do orçamento. Os parlamentares querem ter controle sobre 30 Bilhões desse total. O Governo não está de acordo com esse movimento do Congresso Nacional. Mas coube a Heleno, ainda que involuntariamente, o papel de porta-voz dessa insatisfação do Planalto. Segundo ele, “as insaciáveis reivindicações” de parlamentares por fatias do chamado orçamento impositivo prejudicam a atuação do Governo, o que transparece, segundo ele, um desejo de implementar o parlamentarismo no Brasil.
Em tempos de "censura" com o jornalismo independente precisamos da ajuda do nosso leitor para nos manter online. Agora você pode apoiar o Amazon Presse através do PIX: 32.688.550/0001-31. Colabore!
Postagem Anterior Próxima Postagem