A mesa diretora da Assembleia Legislativa do Amazonas arquivou o pedido de impeachment do governador Wilson Lima e do vice-governador Carlos Almeida Filho. O documento foi assinado na terça-feira, 4, e divulgado nesta quarta, 5. Assinam o documento o presidente da Assembleia, Josué Neto (PSD), e os demais membros da mesa diretora: Alessandra Campêlo (MDB), Mayara Pinheiro (PP), Roberto Cidade (PV), Delegado Péricles (PRB), Cabo Maciel (PL), Augusto Ferraz (DEM), Fausto Jr. (PV), Felipe Souza (Patriota) e Abdala Fraxe (Podemos). O impeachment foi pedido pelos deputados Wilker Barreto (Podemos) e Dermilson Chagas (PP), sob o argumento de que há “grave crise na saúde” e “omissão do governo em propor soluções”.



O arquivamento foi baseado em parecer da Procuradoria Geral da Assembleia, que viu “atipicidade dos fatos narrados na denúncia”; “falta de fundamentação” do pedido; “ausência de demonstração de nexo de causalidade”; descrição imprecisa dos problemas narrados e “não individualização das condutas dos denunciados”. Wilker Barreto ainda chegou a propor, nesta quarta, à mesa da Assembleia, uma pesquisa para ouvir a população sobre o pedido de impeachment, mas a proposta não tem qualquer previsão no regimento da Casa.




Postagem Anterior Próxima Postagem