Em pronunciamento na manhã desta quinta-feira (6), o deputado Adjuto Afonso (PDT) ressaltou a subvenção da borracha e a retomada da produção em alta escala proposta pelo Grupo Michelin, que pretende aumentar em 100% a aquisição de borracha de produtores locais. O parlamentar falou da importância do produto para a economia local e da necessidade de incentivos.

“Desde o meu primeiro mandato que eu discuto o assunto e apoio os seringueiros. Tínhamos uma subvenção quando começou em 2000, de R$ 0,40 centavos, depois subiu pra R$ 1,00. Espero que o governador também reajuste o quilo, da mesma forma como reajustou a juta e a malva”, disse o deputado.

Conforme matéria veiculada na mídia local, a empresa pretende captar 1.500 toneladas de borracha neste ano de 2020, porém, a produção, em 2019, foi somente de 400 toneladas. “Então precisa de um incentivo maior para que esses produtores que estão na Calha do Purus, Calha do Juruá, Calha do Madeira, forneça o kit, e que essas subvenções sejam ajustadas para que os produtores possam ter a produção com mais tecnologia e consigam atender a fábrica da Michelin”, reforça o deputado Adjuto Afonso.

Ele finalizou dizendo que a Casa Legislativa precisa apoiar essa iniciativa, pois, sem dúvida, é um momento importante para a economia do estado, principalmente, para o interior. “Eu fico feliz quando vejo ações como essa gerando emprego e renda para a nossa população”, disse.

Via assessoria
Postagem Anterior Próxima Postagem