"Omar tenta ser o salvador da pátria excluindo o Superintendente das reuniões com a bancada federal do Amazonas mas quem esta alinhado com os princípios do Governo Federal é a Suframa de Menezão que esteve ontem com o Presidente Bolsonaro e é quem vai resolver de fato o assunto do IPI dos concentrados"



Menezão esteve reunido ontem com o Presidente, Jair Bolsonaro, no Palácio do Planalto, assista o vídeo:



Quem fala o que quer ouve o que não quer

Em matéria publicada no jornal “EM TEMPO” o Deputado Federal Marcelo Ramos faz afirmações sobre o Superintendente da Suframa, Coronel Alfredo Menezes.

Confira a resposta de Menezão

"Em matéria publicada no jornal “EM TEMPO” o Deputado Federal Marcelo Ramos de forma irresponsável e leviana, faz afirmações absolutamente mentirosas e sem qualquer fundamento a meu respeito.

Poderia respondê-lo de modo simples e objetivo, pois todos que conhecem a sua trajetória pessoal e profissional, um carreirista, sabem tratar-se de uma pessoa absolutamente inconfiável e sem credibilidade nenhuma com o povo do estado do Amazonas, basta ver a sua história no nosso estado, começou como um fervoroso COMUNISTA e hoje diz que abandonou a foice e o martelo para estar ao lado do que existe de mais nefasto na política do Amazonas e do Brasil, sendo inclusive eleitor declarado do PT e defensor do famigerado IMPOSTO SINDICAL.


Sem querer aqui aprofundar o histórico das suas alianças, que nesse aspecto foram desde Eron Bezerra e Vanessa Graziotin, passando por Serafim Corrêa, Alfredo Nascimento, Omar Aziz, Eduardo Braga, para o qual teve que “ajoelhar-se no milho”, e agora, com o atual Governador Wilson Lima, que ressalte-se, até dois meses atrás era chamado por ele de despreparado, desqualificado e deslumbrado, enfim, trata-se de uma figura que prima pela incoerência e oportunismo barato, ou caro, no que fala e na forma que se comporta, um verdadeiro camaleão que não para de mudar de cor.

Diante deste breve relato, prefiro deixá-lo a vontade para seguir sua vida de hipocrisia, sempre vomitando bravatas e fazendo a sua pirotecnia política, porque é uma figura que não pode ser levada a sério.

Apenas para esclarecimento, quem na realidade quis assumir o papel “Salvador da Pátria” foi o seu líder máximo e talvez ídolo na política, o Senador Omar Aziz e não a SUFRAMA, está sim, trabalha de forma meramente técnica e alinhada com os princípios básicos do Governo Federal.

Selva!"
Postagem Anterior Próxima Postagem