Após passar vergonha em todo o Brasil, Wilson Lima, tenta evitar maiores desgastes com a sociedade e com os órgãos públicos de controle



Lenga Lenga - Desculpas Esfarrapadas

O governador do Amazonas, Wilson Lima, anunciou, na manhã de hoje (09/01), a revogação do dispositivo da Lei Delegada 122/2019, que alterou a remuneração de secretários executivos e secretários executivos adjuntos, e cargos equivalentes. A revogação, disse: é um reconhecimento do Governo de que é necessário manter medidas de austeridade para recuperação sustentável do equilíbrio das contas estaduais".

Bravata

A decisão foi tomada, segundo o governador, após conversas com a base aliada, técnicos de governo e com a população em redes sociais.

“Em nenhum momento houve ilegalidade na mudança do critério de remuneração, não houve aumento na folha de pagamentos, mas decidimos dar um passo atrás, conversando pessoalmente os deputados da base aliada, com as pessoas nas minhas redes sociais. Entendemos que continuamos no processo de austeridade e, por isso, o aumento está revogado”.


Após usar indevidamente o nome  dos órgãos de controle para atos ímprobos na contratação direta dos terceirizados da saúde sem concurso público Wilson Lima escapará dos processos?
Postagem Anterior Próxima Postagem