Do total de R$ 18,9 bilhões aprovados pela Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) para o Projeto de Lei Orçamentária Anual 2020 (PLOA), R$ 2,9 bilhões são de emendas destinadas à área da educação. Com uma cota de R$ 6,9 milhões para cada deputado, as emendas à PLOA para área educacional seguem o percentual de vinculação que corresponde a 25% desse valor.


O presidente da Aleam, Josué Neto, destinou R$ 1.748.339,98 em emendas à educação, sendo R$ 100 mil para a reforma da Escola Tancredo Neves, que fica na Comunidade São Benedito em Boa Vista do Ramos; R$ 64,2 mil para execução do Projeto Tribal da Escola Estadual Professor Gercilia; R$ 1 milhão para compra de materiais e equipamentos para a rede de ensino de Caapiranga (cadeiras, mesas, entre outros); R$ 248,3 mil para compra de material permanente para atender as necessidades da rede de ensino de Novo Airão e R$ 150 mil para compra de equipamentos tecnológicos para atender a Escola Municipal de Balbina e a Escola Municipal Ademilde da Fonseca Sobral, localizadas em Presidente Figueiredo.



“Tudo que a gente investe em educação é um investimento para o futuro dos nossos jovens e crianças. Se tem educação, tem capacitação, tem emprego, renda, tem desenvolvimento. Ou seja, investir em educação é investir em qualidade de vida. Os recursos que destinamos através das emendas são para atender necessidades pontuais de nossos irmãos do interior que nos procuraram pedindo soluções para melhorar alguma estrutura na área da educação nos municípios, como foi o caso de Novo Airão e Caapiranga. Com certeza que esses investimentos vão proporcionar uma melhor estrutura para nossas crianças”, avaliou o presidente.





Mais emendas

A deputada Professora Therezinha Ruiz (PSDB), presidente da Comissão de Educação da Aleam, trabalhou as emendas atendendo as reivindicações do setor de ensino público da capital e do interior do Estado, somando o montante de R$ 1,7 milhão. Para a capital, destacam-se emendas para a implementação na Universidade do Estado do Amazonas (UEA), da Escola de Negócios Sustentáveis de Floresta Tropical Amazônica e para a Fundação Amazonas Sustentável (FAS) contemplada com emenda para o Projeto de Educação de Populações Ribeirinhas no ensino médio e para a Casa da Criança.


Na Educação, o deputado Saullo Vianna (PPS) encaminhou para o município de Parintins uma emenda no valor de R$1.748.399,18. O recurso foi destinado para reforma de escolas da rede municipal de ensino. O parlamentar ressaltou que investir em melhorias na educação, principalmente do interior, vai ser uma das prioridades do seu mandato.


O deputado estadual Serafim Corrêa (PSB) apresentou R$ 1,7 milhão em emendas impositivas para a área da educação. Entre elas, emenda que prevê recursos para a reforma e construção da Escola Municipal Educacional Especial André Vidal de Araújo. As emendas do deputado também destinam recursos para os municípios de Rio Preto da Eva e Anamã. Já os recursos indicados pelo deputado estadual Cabo Maciel (PL) beneficiarão todas as escolas estaduais do município de Itacoatiara.


Os municípios atendidos, com o valor de R$ 2 milhões na área educacional, com a verba destinada pelo deputado Abdala Fraxe (Podemos) serão Santo Antônio do Içá, Tonantins, Uarini, Caapiranga, Nhamundá e Tabatinga.


O deputado estadual Álvaro Campelo (Progressistas) destinou R$1.798.399,38 em emendas à educação. “Tenho a convicção de que investir em educação é investir no futuro. Por isso, apresentei um valor significativo das emendas impositivas para o setor”, afirmou.


A deputada Alessandra Campêlo (MDB) disponibilizou um pouco mais de R$ 1,8 milhão à área da educação. Os municípios beneficiados serão Manaus, Parintins e Borba.


Via Assessoria de Imprensa
Postagem Anterior Próxima Postagem