O atestado de óbito declara que Theo morreu devido à uma broncoaspiração às 16h30 de domingo (12). O agente funerário responsável por recolher o corpo encontrou a criança chorando


Um bebê de 48 dias, identificado como Theo Schoenacher Sant’anna, declarado morto por médicos de um hospital em Foz do Iguaçu, no Paraná, foi encontrado chorando 5 horas depois.

Gabriela Schoenacher Moraes, a mãe de Theo, disse que o bebê foi levado para o hospital por sentir desconforto abdominal e refluxo após ingerir uma fórmula à base de leite em pó, receitada pelo pediatra para ajudar a ganhar peso.

“Ele estava tomando soro no meu colo e de repente começou a chorar muito de dor e apagou no meu colo, parou de respirar”.

Depois disso, a equipe médica tentou fazer a reanimação de Theo por 40 minutos, mas acabou declarando a morte do bebê. Mas algum tempo depois a família recebeu a notícia de que a criança estava viva. Quem encontrou o bebê chorando foi o agente funerário responsável por recolher o corpo. A funerária avisou a bisavó de Theo, que informou aos pais da criança.




“Achei que era um erro, que era o prontuário de outro bebê, mas quando chegamos realmente vimos que era o nosso filho. Eles tinham trocado o plantão e os médicos tinham entubado e estavam tentando aquecê-lo, porque ele estava muito frio”, afirmou Gabriela.

Após ter sido encontrado, a criança foi transferida para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Segundo o hospital, o bebê deu entrada na unidade às 22h48, levado pelo Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu).

Apesar dos esforços, a criança morreu na segunda-feira (13) após sofrer duas paradas cardíacas. Os pais da criança registraram boletim de ocorrência e a Polícia Civil investiga o caso, que foi registrado no último domingo (12).




Via Paraná Portal
Postagem Anterior Próxima Postagem